PLANTAS MEDICINAIS | VIDA NA ROÇA

PLANTAS MEDICINAIS

Tudo sobre plantas medicinais.PLANTASMEDICINAIS

Quem nunca se beneficiou com o uso de chás medicinais?

Não é de se espantar que, num século de muita tecnologia, as pessoas continuam usando e difundindo o uso de chás medicinais.
Afinal, é quase certo que, na natureza, está a cura de todas as doenças.
Não por acaso, grandes laboratórios investem fortunas para pesquisar plantas medicinais e patenteá-las.

A questão é como fazer o chá?

Muita gente desperdiça as propriedades medicinais da erva por não saber o modo correto de preparar um chá.
As formas de fazer chá são: infusão e decocção.
Infusão – Despejar água fervente sobre a planta.
Decocção ou cozimento – Ferver 8 g da planta fresca ou 5 g da planta seca, em quantidade equivalente a xícara de água. Se for folha, desligar o fogo assim que iniciar a fervura, abafar, aguardar 20 minutos depois ingerir.
No caso de cascas, ferver de 5 a 10 minutos, desligar, abafar, aguardar 20 minutos, ingerir.
Não estamos aqui falando de magia ou de conhecimento popular.
Estamos falando de plantas medicinais brasileiras que tiveram sua efetividade comprovada.
Temos a maior biodiversidade do mundo. Consequentemente, a maior fonte de frutas,
folhas, chás e ervas medicinais do planeta. Mas precisamos saber utilizar tais recursos com consciência.
São muitas variedades de plantas e muitos efeitos diferentes que temos de estar consciente de que a grande maioria delas tem algumas substâncias tóxicas e que, em excesso, podem fazer muito mais mal do que bem a sua saúde.

Plantas mais usadas.
Abaixo uma relação com algumas plantas mais medicinais, muitas delas de eficiência comprovada por estudos científicos.

– Alfazema ou lavanda: Estimulante, digestiva, combate cólicas, calmante do nervos, indicada na insônia, nevralgias, asma brônquica, o óleo essencial tem grande efeito antimicrobiano (foi usado na 2ª Guerra Mundial nas feridas dos soldados).

– Alcachofra excelente contra o excesso de colesterol, protege o fígado. Estudos científicos sobre a alcachofra comprovaram que o suco das folhas com as flores, diminui o colesterol ruim (LDL) aumenta o colesterol bom (HDL). Mulheres grávidas ou amamentando devem evitar. Usada com a berinjela potencializa os efeitos. Temos percebido que o uso em excesso do suco da berinjela, provoca ressecamento na pele e emagrecimento.

– Aroeira e barbatimão: Anti-inflamatórios e cicatrizantes, nas gastrites e problemas na coluna.

– Calêndula: Alergias, ótima cicatrizante (a tintura diluída em água é usada nas feridas abertas), muito útil em problemas de fígado, má digestão e gastrite,problemas de pele em geral.

– Camomila: Digestiva, sedativa, cólicas em bebês, o seu óleo essencial é azul (o azul na cromoterapia tem a propriedade de relaxar)

– Capim-Limão: Antisséptico, por sua ação contra fungos e microrganismos, composto principalmente de citral que tem ação calmante
e espasmolítica (elimina cólicas), também contém mirceno que é analgésico. Por ser diurético e calmante ameniza a pressão alta.

– Carqueja: Estudos em 1967 demonstraram redução dos níveis de açúcar (glicose) no sangue. Muito indicada também nos problemas
do estômago e fígado. Não usar por muito tempo. É diurético potente e pode causar a perda de minerais ou emagrecimento.

NONI.

Originário da Ásia e Polinésia, este fruto é de uma árvore de porte médio que adaptou muito bem ao clima do Brasil produzindo frutos durante todo ano.
Na Ásia, ele é bastante utilizado pela medicina popular para tratamento de várias doenças, no Brasil nos últimos anos aumentou
consideravelmente o uso do fruto e de seus derivados.
O suco de Noni pode ser usado para desinfetar feridas, cortes e ossos quebrados,
devido suas propriedades antibióticas, possui também propriedades antipiréticas, sendo bem eficaz no tratamento de febres e infecções bacterianas.NONI

MAIS ALGUNS BENEFÍCIOS DO NONI.

SISTEMA NERVOSO:

O consumo do suco, ajuda no alivio das dores
pós parto e pós cirurgias, estudos tem demonstrado que o suco melhora a serotonina no cérebro consequentemente, melhorando o sono, pode ser usado no tratamento da enxaqueca e da depressão e doença de Alzheimer.

SISTEMA IMUNOLÓGICO:

Estudos tem demonstrado o suco ingerido regularmente, tem uma certa eficácia
no aumento dos glóbulos brancos do sangue consequentemente, aumentando
a imunidade de certas doenças.
Tem um efeito anti-inflamatório para gota, lumbago, artrite, abcessos e mastite.
Os antioxidantes como carotenoides, flavonoides e os compostos como antraquinonas e escopoletina
encontrados no noni, são inibidoras da proliferação das células cancerosas.

SISTEMA RESPIRATÓRIO:

O suco pode ser eficaz no tratamento de resfriado, dor de garganta, tosse
doenças respiratórias comuns, alergias e asma.

SISTEMA DIGESTIVO:

Consumindo o suco de noni regularmente pode ter uma digestão mais eficiente, regulando também a evacuação.
Pode ajudar também no tratamento de diarreia, úlceras gástricas, náuseas, disenteria, vômitos, intoxicação alimentar etc.

SISTEMA CARDIOVASCULAR:

Responsável pela eficácia no tratamento de certos problemas cardiovasculares tais como: hipertensão, arritmias e palpitações é a escopoletina que é encontrada no fruto.

SISTEMA URINÁRIO E REPRODUTOR:

É eficaz no tratamento de Além de sua eficácia no tratamento de infecções do trato urinário, consumindo regularmente o suco de noni,
pode obter alguma melhora no tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, como gonorreia e sífilis. Ele também ajuda na diminuição dos alargamentos da próstata e miomas uterinos, alívio de cólicas menstruais e a normalização da menstruação irregular.
A Fruta Noni proporciona diversos benefícios para a saúde. Seja em forma de chá ou em sucos, associada a outras frutas (ela deve ser misturada com outra fruta devido ao seu sabor amargo e indigesto).

RECEITA DO SUCO DE NONI COM UVA.
Receita do site http://emagrecerdemodosaudavel.com.br/suco-de-noni-uva/

Ingredientes:

2 litros de suco de uva (Sem açúcar) 250 ml de Noni.
Bata tudo no liquidificador e pronto
Conservar na geladeira no máximo 45 dias. Tomar 30 ml por dia em Jejum para que os efeitos sejam melhores.

ASSISTA AOS VÍDEOS ABAIXO VEJA OS PRÓS E CONTRAS!

Depoimento com o Médico e Cientista Dr. Augusto Vinhólis à respeito do Noni (Morinda citrifolia)

Pesquisadores da UFC alertam sobre o consumo inadequado de Noni.

IMPORTANTE:

Devido a falta de estudos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), proibiu o consumo com base em pesquisas que
revelaram toxidade do suco da fruta, ou seja, não pode ser comercializado nada que contém ingredientes da fruta no território nacional portanto, o uso do fruto ou qualquer derivado do mesmo, é por sua conta e risco.

GERVÃO.

Pesquisei na internet sobre esta planta chamada popularmente de gervão,
de nome científico Stachytarpheta jamaicensis, da família das verbáceas também conhecida pelos nomes erva gervão, oribão, vassourinha de botão, origão etc.
Pode alcançar 50 a 60 cm de altura possuindo folhas pequenas, serradas e pilosas, suas flores possuem cores azuis ou brancas.
Em todas as épocas do ano pode se fazer a colheita, ela reproduz em solos arenosos e bem drenados, sem preferências quanto ao  clima, pode usar as folhas e raízes para fazer chás.gervão

As propriedades medicinais da planta: Antibacteriana, analgésica,
antiespasmódica, antiartrítica, anticatarral, antiemética, anti-hemorroidária
antilítica, antiinflamatória, anti-reumática, antiasmática, antidisentérica,
anti-hipertensiva, anti-hepatotóxica, antioxidante, antipirética, béquica, cicatrizante (raiz), detersiva, diurética, emenagoga,
estimulante das funções gastrointestinais
febrífuga, hepática (raízes), inibidora da secreção gástrica, indutora da motilidade
intestinal, laxante, sudorífica, sedante, tônica
eupéptica, vermífuga, vulnerária.

Como preparar o chá.
Coloque 20 gramas de folhas em um litro de água, leve ao fogo e quando ferver,
desligue e abafe por dez minutos. Coe e tome de três a quatro xícaras ao dia.

Para contusões, feridas e machucaduras, amasse as folhas e raízes frescas
e aplique nas regiões afetadas.

Contra-indicações: Gestação; Hipotensão arterial – por suas propriedades
vasodilatadoras, em pacientes com história de alergia à aspirina, a variedade S.
cayenensis (mas não a S).(jamaicensis) contém ácido salicílico que é um
precursor natural da aspirina.

 

CHÁ DE SALSINHAsalsinha

Esse tempero é um poderoso diurético, que ajuda a reduzir o inchaço e diminuir a barriga. A nutricionista Vivian Goldberger desvendou os
benefícios da salsinha e montou um cardápio com chá para emagrecer rápido.

Como fazer o chá

Para ter o efeito desejado na dieta, a recomendação da nutricionista é consumir quatro copos de chá de salsa (de 250 ml cada um) por dia. Um deles sempre deve ser em jejum: isso ajuda a estimular os rins e eliminar líquidos logo pela manhã. Os outros podem ser consumidos ao longo do dia. Para amenizar o sabor, a dica é
adicionar gotas de limão ou adicionar algumas gotas de adoçante.

Ingredientes:

· 5 ramos de salsa

· 1 litro de água

Modo de preparo:

lave a salsinha e retire 5 raminhos. Coloque 1 litro de água em uma chaleira ou panela, adicione a salsa e deixe ferver por 5 minutos. Retire as folhas da salsa do líquido usando uma peneira e está pronto.
Fonte do texto: http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/dietas-liquidas/cha-salsinha-diminui-inchaco-emagrece-5-kg-1-mes-781826.shtml

VÍDEO DE ANA PAULA SOUZA ENSINANDO A FAZER UM SUCO DE SALSA COM LIMÃO!

URUCUM ou URUCU.

Urucu, ou urucum, fruto do urucuzeiro da família das bixáceas, arvore nativa da América tropical, chega a alcançar até seis metros de altura, suas folhas são de cor verde-claro e com flores rosadas e seus frutos, se tornam vermelhos quando amadurecem.

BENEFICIOS MEDICINAIS DO URUCUM.

Esta planta fornece para nós muitos benefícios medicinais, é rica em cálcio, ferro, fósforo, aminoácidos etc. Contém vitaminas B2, B3, A e C, contém também cianidina, ácidos salicílico e elágicos, contém fitoquímicos que ajudam a prevenir e combater algumas doenças, o urucum veio da Ásia para as Américas trazida pelos espanhóis no século 17.
Rico em carotenoides, ele também é aproveitado nas indústrias para fazer aquele corante que usamos na culinária em cosméticos bronzeadores etc.

DOENÇAS QUE PODEM SER TRATADAS COM O URUCUM.

As sementes do urucum, são usadas para curar icterícias, o chá pode ser dado para as crianças para combater vermes, pode-se misturar as sementes com azeite ou óleo de coco para fazer um remédio caseiro para aplicar em feridas, picadas de insetos etc. O uso da tintura remonta a antiguidade, para tratar doenças venéreas, controlar os sintomas da menopausa, melhorar a libido sexual, e para diminuir suores noturnos, dores, ou inchaço.
—————————————————————————————–

Princípios Ativos : Taninos; Celulose; Açúcares; Óleos essenciais diterpênicos: farnesilacetona, geranil, geranlol, geranil-formato, geranil-octedeconoato; Óleo essencial monoterpênicos e sesquijerpênicos; Banzenóide: ácido gálico; Óleo fixo; Pigmentos (carotenóides): bixina, metil-bixina, nor-bixina, trans-bixina, Bcaroteno; e criptoxantlna, lutei na, zeaxantina, orelina. Ácidos graxos saturados e insaturados; Flavonoides: bissulfato-7-apigenina, cosmosiina, blssulfato-8hipoaletina, bissulfato-7  -Iuteolina, luteolina 7 -Q-B-Dglucosldeo, isoscutelarelna; Protelnas; Fosfolipfdlos; Vitaminas: A, B2 e C;
Saponinas; Sais minerais: potássio, fósforo, cálcio, ferro.

Contra-indicações/cuidados: gestantes e lactantes. para o fígado e pâncreas. Pode causar variações na taxa de glicose. URUCU10253817_320764178077742_4536229319626429413_nObs.: a casca da semente tem efeito tóxico ao pâncreas e fígado, acompanhado de hiperglicemia e aparente aumento de insulina. A seTóxicmente não provoca em ratas, nenhum sinal de toxicidade aparente, porém, em cachorro, se observou pancreotoxicidade, hepatotoxicidade e incremento aparente do nível de insulina.

Interação Medicamentosa: A casca da semente causa hiperglicemia e elevação da taxa de insulina.

Toxicologia: A casca da semente é pancreotóxica e hepatotóxica. Também causa alterações no nível de Glicose. Não deve ser usada; A dosagem de qualquer outra parte da planta deve ser estritamente observada.

Fonte: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/urucum.html#.U7ASg_ldVhU#ixzz362B0bTM0

—————————————————————————————–
Para a médica nutróloga, reumatóloga, fisiatra e especialista em prática ortomolecular, também autora do livro  “Dieta Ortomolecular – o segredo de rejuvenescer em total harmonia”, Sylvana Braga, o urucum, que muitos usavam para obter um bronzeamento rápido, quem diria, agora ganha espaço na busca pela boa forma. De origem nacional
e com características funcionais, vem da semente de urucum e auxilia no emagrecimento. Também chamado de Urucum  Bixa Orellana L., é um extrato que tem efeitos sobre o organismo como um todo. É muito usado pelos índios na culinária e para ornamentação do corpo.

“O uso mais comum dá-se através das suas sementes trituradas ou através da manipulação em laboratório.  Conhecido como colorau, pode ser acrescentado à dieta em saladas, massas, arroz e sopa”, conta.
Para a nutróloga, o urucum melhora os receptores da insulina, o que promove uma baixa da glicose sanguínea e estimula a redução de gordura periférica, favorecendo, assim, o emagrecimento corporal.
Fonte do texto: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/urucum-ajuda-a-emagrecer-reduz-radicais-livres-e-diminui-colesterol
—————————————————————————————–

SEMENTE DE URUCUM REDUZ O COLESTEROL EM ATÉ 94%.

CONFREI.

Com nome científico de Symphytum officinale da
família das Boraginaceae é conhecida também por
confrei russo, consolida, língua de vaca, leite
vegetal etc.

Suas propriedades medicinais: anticancerígena,
antianêmica, antidiabética, anti-inflamatória etc.
Ela é também depurativa, cicatrizante, emoliente,
desintoxicante, expectorante, laxante, hidratante etc.

É indicada para: Bócio, bronquite, abscessos, gastrite,
ictericia, luxações, ulceras, sinusite, hepatite, febre,
psoríase, queimaduras, furúnculos, tromboflebites, picadas
de insetos etc.

Modo de usar:

Alcoolatura: misturar 1 parte de sumo das folhas em
5 partes de álcool. Aplicar sobre as partes afetadas.
Cataplasma de 6 g de folhas amassadas ao ponto de pasta e
aplicar sobre o ferimento, varias vezes ao dia. Pode-se
adicionar glicerina à pasta.
Emplastro: esmagar as folhas em água morna e aplicar sobre
o ferimento 2 vezes ao dia. No caso de contusões e inchaços,
colocar o emplastro dentro de um pano antes de aplicar.
Infusão ou Tisana: 30 g de folhas por litro de água; .
2 folhas velhas em 2 copos de água quente. Tomar 3 vezes ao dia;
Compressa: usar o decôcto das folhas sobre feridas e queimaduras,
várias vezes ao dia;
Alcoolatura de 1 parte do sumo em 5 partes de álcool;
Decócto: 4-5 g de chá em 250 ml de água, para lavar feridas; –
Infuso a 5%: para gargarejos 2 a 3 vezes ao dia;
Suco fresco: psoríase;
Extrato: utilizar 10-15% em cremes.

OBS: Não use confrei sem orientação de um especialista, pois o uso do confrei de forma errada, pode causar intoxicação no figado, irritações gástricas e até câncer.

confrei

Foto: Neide Cristina Rodrigues

 

 

 

HORTELÃ GRAÚDA

Também conhecida como hortelã-da-folha-grossa, hortelã-da-folha-graúda, borage, hortelã-da-bahia, malva-do-reino, malva-de-cheiro, malvaísco, malcariço, malva-santa, hortelã-gorda e hortelã-grossa, é indicada para tosse, bronquite e inflamação da boca e da garganta. Apresenta ainda propriedades antibacterianas e expectorantes. 

Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/2008/05/hortel-grada-plectranthus-amboinicus.html

Suas propriedades: Antifebril, anti-inflamatória, antibacteriana, anti-séptica bucal e garganta. Ela é indicada hortelãgraudapara bronquite, asma, gripe, dores de ouvido e cabeça, rouquidão, coriza, hemoptise, pirexia, hipertermia.

Usar somente folhas frescas. Para rouquidão, inflamação da garganta e boca, mastigar as folhas. Para fazer xarope, colha umas 40 folhas coloque em mais ou menos 100 ml de água colocar um pouco de açúcar, ferver e depois coar. Tomar uma colher de sopa umas quatro vezes ao dia.

Foto: Neide Cristina Rodrigues

PLANTAS MEDICINAIS – CHAMBÁ

 

Nomes populares: chambá, chachambá, anador, trevo-do-pará, trevo-cumaru; tilo, carpintero, té criollo.

Características botânicas: herbácea perene, suberecta, ascendente, com até 60 cm de altura, com ramos delgados, caule com pêlos curtos e engrossamento na região dos nós. Folhas inteiras, simples, opostas, lanceoladas ou ovado-lanceoladas, de 3 a 10 cm de comprimento, sem pêlos, acuminadas, com a base estreita e obtusa, com 0,7 a 2 cm de largura. Flores irregulares, com corola violácea, disposta em panículas terminais. Possui cápsula comprimida e estipitada. Multiplica-se por estaquia ou replantando-se pequenos ramos já enraizados.

Fonte: http://www.hortomedicinaldohu.ufsc.br/planta.php?id=210

Pode ser utilizada para inflamações pulmonares, tosse, bronquite, asma, problemas respiratótios em geral. Pode ser usada também contra reumatismo, cólicas abdominais, febre, cefaleia etc.

 Foto: Neide Cristina Rodrigues chambá

Sabão de macaco.

 

Sapindus saponaria, também conhecida pelos nomes populares de árvore-do-sabão,  fruta-de-sabão, ibaró, jequiri, jequiriti, jequitiguaçu, pau-de-sabão, pau-sabão, sabão-de-macaco, sabão-de-mico, sabão-de-soldado, sabãozinho, saboeiro, saboneteira, saboneteiro, salta-martim e saponária é uma planta da família das Sapindaceae. 

Usado na medicina popular brasileira e medicina indígena: O fruto cozinhado com água, é usado no tratamento de pé-de-atleta, frieiras, fungos e micoses dos pés. Nativa das regiões tropicais da América. Tem folhas penadas e flores brancas dispostas em panículas. Os seus frutos têm sementes pretas e esféricas. Chega a atingir 8 m de comprimento.

 

Fonte do texto acima: http://pt.wikipedia.org/wiki/Fruta-de-sab%C3%A3o

Segundo a autora da foto Valdelice, é um excelente remédio para psoríase.EXELENTEREMEDIO
Foto: Valdelice Cunha Garcia

Salva de marajó, hortelã, marcela e outras plantas 

medicinais.funcho10946269_224080401079454_1702701704_n

 

Vejam mais sobre plantas medicinais assistindo

ao vídeo abaixo.

No quintal da dona Margarida existe uma riqueza de 

plantas medicinais entre elas estão a salva de marajó, 

hortelã, marcela e outras.

 

Plantas medicinais.

 saiãoAqui nestes vídeos, mostraremos algumas plantas medicinais.

suas propriedades, seus beneficios para nossa saude etc.

Vídeo em comemoração ao centenário da Umbanda, apresentando 

e identificando 15 plantas medicinais usadas frequentemente 

por pretos-velhos e índios.

 

Plantas medicinais – parte 01.

Plantas medicinais – parte 02.

Dona Dadá dá dicas sobre como utilizar as plantas medicinais

Quem curte plantas medicinais, gosta de fazer uso das mesmas, não pode deixar de assistir este vídeo. 

HORTELÃNo quintal da dona Damiana Arruda existem diversas plantas medicinais que são úteis no combate de doenças. Ela e o professor Moacir Biondo ensinam com utilizar essas plantas.

GRAVIOLA CURA CÂNCER? ASSISTA AOS VÍDEOS ABAIXO E TIRE SUAS CONCLUSÕES.

Dicas de saúde, o que eu mais desejo é que a humanidade 

seja saudável e se cure desse mal ao qual provoca tanta 

dor em nossas famílias espero ter ajudado, caso alguém 

tenha sido beneficiado por favor poste seu comentário obrigado!

*Como preparar o chá da graviola:*

1) Colha cerca de 10 folhas verdes e saudáveis.

2) Coloque-as em um recipiente de vidro.

3) Ferva 1 Litro de água filtrada.

3) Após fervida a água, despeje-a dentro do recipiente de vidro por sobre as folhas.

4) Abafe o recipiente por 15 minutos e pronto. O chá deverá ser consumido no mesmo dia do preparo, não podendo ser reutilizado no dia seguinte, mesmo que guardado na geladeira. Coma se possível um fruto a cada 3 dias se possível. Aliada importante no combate a vários tipos de câncer.

Fantástico – Extrato de graviola para tratar câncer!!


Agrimonia eupatoria (JURUBÃO)

Planta que contém um óleo que pode ser adquirido
através da destilação, tem alguns compostos asperos,
amargos, possui uma quantidade de tanino fazendo comjurubão
que sirva para gargarejos. Ela tem certos compostos que
servem para controlar úlceras, feridas e também propriedades
para curar certos males do figado.
Segundo a medicina tradicional, especialmente a anglo-saxônica,
esta planta possui propriedades de melhorar o sono evitando pesadelos.
Foto:  josé Célio

ASSA PEIXE!!
Propriedades medicinais: 
Antiasmática, antigripal, anti-hemorroidária, antilítica, 
balsâmica, béquica, diurética, expectorante, hemostática, 
 tônico pulmonar.
 
Modo de usar: infusão – diurético e pedras nos rins: 
ferver 6 folhas pecadas durante 10 minutos em 1 litro 
de água. Tomar durante o dia. – expectorante e bronquite: 
verter sobre 2 folhas coradas, 1 xícara de água fervente. 
Após esfriar, adoçar com mel. Beber até 3 xícaras por dia, 
durante 1 a 3 dias. suco: tritura-se ou moem-se as folhas, 
espremer. Tomar 5 gotas diluídas em água a cada 2 horas, 
durante 1 a 3 dias; decocção: – ferver por 15 minutos 
6 folhas cortadas em pequenos pedaços. Coar e tomar a 
vontade (diurético); – ferver por 5 minutos 3 folhas 
bem picadas em 1 xícara das de chá de água. Coar e aplicar 
sobre afecções da pele; – folhas fritas à milanesa: comer; 
– xarope: 2 folhas picadas em 1 xícara das de café de água. 
Ferver 5 minutos, coar e adoçar com 2 xícaras de café de mel. 
Adultos, 1 colher das de sopa 2 a 3 vezes ao dia.
Foto: Zé Célio

TRANÇAGEM!!

A trançagem é uma erva muito comum que
cresce espontaneamente em prados e campos não
cultivados. Entre as suas várias classes,
a mais utilizada é a que tem folhas largas e longas.
Usam-se as folhas e sementes para a preparação de
remédios. É uma planta rica em mucilagem, e
contêm também saponinas, ácido oxálico, ácido
cítrico e potássio. Nos casos de tosse ajuda a
expectoração. Ferva por 10 minutos. Tome de 3 a 4
xícaras por dia.

TRANÇAGEMPropriedades Curativas:
Entre as suas principais virtudes curativas temos as
depurativas, diuréticas, anti-inflamatórias, mas, talvez,
a mais importante seja para curar os catarros bronquiais,a
rouquidão e a tosse dos fumantes. Nos casos de tosse ajuda
a expectoração.

Foto: José Célio
Fonte de texto: www.saudedicas.com.br
boldo995707_218151275005700_1570179723_nBOLDO BAIANO E BOLDO DO CHILE.

BOLDO BAIANO!

Partes utilizadas : Folhas.
Habitat: É comum no em várias regiões do Brasil, em quintais e hortas. História: Sendo de origem africana, foi trazida pelos escravos do Benin e da Nigéria e hoje é de uso corrente pela população.
Origem : Quanto a origem, acredita-se que é africana e que foi trazida ao Brasil pelos escravos das áreas de Benin e Nigéria.
Propriedades : Distúrbios de estômago e fígado, gases intestinais, colesterol alto, diarréia alimentar, insuficiência hepática, inapetência, inflamação da vesícula, colecistite
Fonte de texto: http://www.plantasquecuram.com.br/

BOLDO DO CHILE

Planta medicinal é originário da região dos Andes do sul no Chile. Os índios dos Andes sempre a utilizaram como digestivo, e como laxante. Esta planta tem sido tradicionalmente associada a uma benéfica acção 
como hepático e da vesícula biliar.Esta planta tem uma benéfica acção no aparelho respiratorio, nomeadamente 
no alivio da tosse (cataro) e como estimulante da vesicula biliar. É anestésica, anódina, anti-helmíntica, anti-séptica, antibacteriana, antifúngica, anti-inflamatória, antimicrobiana, antioxidante, depurativa, desintoxicante, digestiva, diurética, estimulante, sedativa, tônica, vermífuga, Clareia o cabelo, demulcente, indicada para problemas no fígado, 
na vesícula, do cálculo biliar, cólicas, diarréias, 
má digestão, gota, prisão de ventre, uréia. 
Fonte do texto:http://faiscapastel.blogspot.com.br/

Foto: José Célio

CAPIM CIDREIRA.
De origem asiática, coloração verde-clara, pode
atigir mais de um metro de comprimento, com aroma
caracteristico que lembra o do limão. 
Tem suas propriedades medicinais, indicada paracapimcidreira1044924_216319461855548_833497605_n
cólicas intestinais e uterinas, insonia etc.
Foto: Aparecida Moreira de Souza

SAIÃO!!

A infusão é utilizada para baixar febres e para curar
inflamações do trato urinário; o suco das folhas
frescas batidas no liquidificador com água é indicado saião
para gastrites e úlceras; suas folhas maceradas são
utilizadas para picadas de insetos, acelerar o processo
de cicatrização em ferimentos e queimaduras; a folha
fresca aquecida serve para abcessos, furúnculos e dor
de cabeça.
Foto: José Célio

Fonte texto: http://segredodasfolhas.blogspot.com.br/
CAPEBA!!

Uma planta do Brasil, ela está em quase todas as regiões.capeba1005595_217812291706265_1521555439_n

 

 

 

 

 

É também conhecida como paiparoba e caena, ela é
desopilante do fígado, diurética, emoliente,
estomáquica, febrífuga, hemorróidas, laxativa, sudorífera,
tônica, vermífuga, anti-reumática, antianêmica, antiespasmódica etc.
Uma das maneiras de usa-la é fazendo uma infusão, colocar
40 gramas de folhas em 01 litro de água e tomar duas ou três
xícaras de chá diariamente.

OBS: Nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

MACAÉ

Esta planta originária da Sibéria e da China, se adaptou muito
bem no Brasil, em quase todas as regiões ela é encontrada.
Uma planta herbácea que na primavera, produz suas sementes.
Ela gosta do solo com terra úmida podendo ser ensolarado ou com
sombra parcial.
INDICAÇÃO: Diurética, melhora a circulação, reduz a
pressão, melhora a menstruação e elimina toxinas.
Pode ser usada contra infecções por bactérias e fungos,
certos problemas do fígado, problemas renais etc.macae1005959_217437105077117_244263158_n
Mulheres grávidas, devem evitar tomar o chá.

Preparo do chá: 30 gramas de folhas em 1 litro de água.
Tomar 1 xícara de chá duas ou três vezes ao dia.

OBS: Nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

ERVA CIDREIRAERVA1000741_226663350821159_1318479285_n

Conheça as propriedades medicinais e os benefícios do chá de Erva cidreira, nome cientifico (Melissa ou citronela). O chá é um ótimo calmante para os nervos, bom para aliviar dores e inflamações, enxaquecas, reumatismo etc. É um sedativo, tonificante, estimulante, antiespasmódico, alivia depressões nervosas etc.

Modo de Preparo do chá:

Ferva a água, desligue o fogo e coloque folhas frescas e ramos de erva cidreira bem limpinhos. Tampar e deixar abafado por alguns minutos.
Tomar uma xícara do chá duas ou três vezes ao dia.
OBS: Nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

 

 

 

 

FUNCHO

Para que serve o Funcho
Cólica; má digestão; flatulência; secreção das vias
respiratórias superiores.

Chá de funcho: Coloque 1 colher de sementes de funcho
numa xícara de água fervente, tampe, deixe amornar,
coe e beba seguir. O chá pode ser adoçado com mel no
caso de se tratar de problemas nas vias respiratórias
ou sem adoçar no caso de flatulência. Tomar entrefuncho10946269_224080401079454_1702701704_n

 

 

 

 

 

3 a 5 vezes ao dia.
Nas receitas: A raíz e o caule do funcho podem ser
utilizados no tempero de saladas e na preparação de
pratos doces, gratinados ou refogados.

Fonte do texto: http://www.tuasaude.com/funcho/

BABOSA – Aloé vera

Talvez esta seja a planta medicinal mais conhecida do mundo.
Utilizada tanto pela população quanto pelas indústrias farmacêuticas e de cosméticos, em praticamente todos os países. Planta natural da África, provavelmente tendo como centro de origem a ilha de Madagascar, se espalhou por todas as regiões de clima quente e ameno. Mesmo onde não apresenta condições ambientais para seu cultivo,
a população conhece a famosa Aloe vera, pois é muito divulgada principalmente
pela indústria cosmeceutica. Combate prisão de ventre, além de melhorar o sistema imunológico. Externamente possui ação hidratante, cicatrizante e antisséptica.

Fonte : www.oficinadeervas.com.br/943261_218055178348643_1344457495_n

 

Como usar a babosa

Suco: Os benefícios do suco da babosa ainda são controversos. O suco é extraído da polpa da planta, já que a casca não é recomendada.
Dilui-se uma colher de sopa em meio litro de água. Tome de uma a três vezes por dia antes das refeições. A ingestão excessiva do suco da Babosa pode causar dores abdominais e diarreia. Gestantes não devem tomar.

Gel: com propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas, estimula
a cicatrização de feridas. Contém ainda vitaminas C e E e zinco. Usa-se o gel
extraído da folha para higienizar o local diariamente. O gel só deve ser usada externamente.

In Natura: aplica-se a folha da Aloe vera diretamente sobre as queimaduras e as
feridas, sobre a pele seca, as infecções por fungos e as picadas de insetos.

Pomada: para obter a pomada, extraia o gel das folhas, ferva-o até que forme uma
pasta espessa. Guarde em frascos com tampas e em local fresco. O modo de utilizar
é o mesmo das folhas.

Tônico: O gel da babosa fermentado com mel e especiarias é empregado como tônico
e auxilia contra a anemia, problemas digestivos e hepatite.

fonte: Medicinaisplantas.com

PIMENTA MALAGUETAPIMENTA1016360_217631568391004_1828924249_n

Pesquisadores do mundo todo não param de descobrir que a pimenta,
tanto do gênero piper (pimenta-do-reino) como do capsicum (pimenta vermelha),
tem qualidades farmacológicas importantes.

Segundo o médico homeopata Marcio Bontempo, autor do livro Pimenta
e seus Benefícios à Saúde, além dos princípios ativos capsaicina e
piperina, o condimento é muito rico em vitaminas A, E e C, ácido
fólico, zinco e potássio. Tem, por isso, fortes propriedades
antioxidantes e protetores do DNA celular. Também contém
bioflavonóides, pigmentos vegetais que previnem o câncer.
– See more at: http://www.curapelanatureza.com.br/2008/08/os-
benefcios-da-pimenta.html#sthash.Mn8XcKLc.dpuf

Fonte do Texto: http://www.curapelanatureza.com.br/2008/08/os-benefcios-da-pimenta.html

CARQUEJA

A carqueja (Baccharis trimera (Less) DC; Asteraceae) é uma
planta ideal para canteiros de jardins, pois cresce formando tufos espessos.
Pelo seu gosto amargo, a medicina popular recomenda-a para combater
problemas digestivos e hepáticos. Com efeito diurético, auxilia no
emagrecimento e no controle da diabetes. Pelo mesmo motivo, deve ser usada com moderação.

Indicações: afecções febris, afecções gástricas, intestinais,
das vias urinárias, hepáticas e biliares (ictérícia,
cálculos biliares, etc.); afta, amigdalite, anemia, angina,
anorexia, asma, astenia, azia, bronquite asmática, chagas
venéreas, coadjuvante em regimes de emagrecimento,
colesterol (redução de 5 a 10%.), desintoxicação do fígado,
diabete, diarréias, dispepsias; doenças venéreas;
enfermidades da bexiga, do fígado, dos rins, do pâncreas
e do baço; espasmo, esterilidade feminina, estomatite,
faringite, feridas, fraqueza intestinal, garganta, gastrite,
gastroenterites, gengivite, gota, hidropisia, impotência
sexual masculina, inflamações de garganta, inflamação das
vias urinárias, intestino solto, lepra, má-digestão, mal estar,
má-circulação, obesidade, prisão de ventre, reumatismo,carqueja1012128_214213742066120_45829182_n úlceras (uso externo), vermes

Fonte do texto: www.carqueja.com.br/

 

 

 

 

HORTELÃ!!
A hortelã é rica em cálcio, fósforo, ferro, potássio,
Contém vitaminas A, B e C, possui ação estimulante,
melhora as funções do aparelho digestivo, é antisséptica,
anestésica, calmante, vermífugo, perturbações do figado, vesícula biliar,
náuseas, vômitos, infecções respiratória, gripe, tosse,
bronquite etc. A hortelã, possui ação anestésica, anti-septica,
analgésica é expectorante, descongestionante das
vias respiratórias e também é muito usada na culinária.
HORTELÃ

COUVE, NOME CIENTÍFICO BRASSICA OLERÁCEA.

Couve, excelente verdura conhecida por todos nós brasileiros, consumimos esta delicia das mais variadas formas como: salada, refogada, na forma de suco etc. O nome couve é genericamente conhecido pelas variedades cultivares da espécie, tem o nome científico de Brassica olerácea.couve

CONHEÇA AS PROPRIEDADES E BENEFÍCIOS DO SUCO DE COUVE.

Esta verdura, alem de acompanhar um prato bem brasileiro que é a feijoada, ela nos oferece vários benefícios para nossa saúde, ela é anti-inflamatória, cicatrizante, ajuda a fixar o cálcio nos ossos, desintoxicante, fortalece o sistema imunológico, combate problemas digestivos, artrites, bronquites, cálculos renais, enfermidades no fígado, pode ser utilizada também para evitar ressacas, prisão de ventre, evitar a má disposição e aliviar dores causadas pelas úlceras gástricas, tem vitaminas (A, complexo B e C) e minerais como: cálcio, ferro, fosforo, magnésio etc.
Nesta variedade de verdura, o magnésio faz parte da substância que dá a cor verde à planta, ou seja, a clorofila tem poder de renovar as células do nosso organismo.

Segundos os entendidos, o suco desta planta possui entre outras a ação anti-inflamatória e cicatrizante, combate a anemia, ajuda no
funcionamento do trato intestinal, tratamento da gastrite, úlcera e ainda facilita a digestão, reduz o inchaço e melhora a textura da pele.

SUCO DE COUVE!

01 – meio limão
01 – folha de couve
01 – copo de água
Bata tudo no liquidificador até o suco apresentar uma textura de cor uniforme.

Deixe seu comentário

7 opiniões sobre “PLANTAS MEDICINAIS”

  1. o macaé ai e também conhecido como rubim e e uma excelente erva boa para lavar feridas infecionadas… e se alguém sabe uma erva para melhorar meu figado por favor manda no meu face edemir pit porto belo sc desde ja agradeço se for atendido … pois tenho problemas de figado e medico nem um achou um remedio bom te hj ja fazem 10 anos que estou com esse problema , como algo de fritura ou derivados de leite ja sinto dor de cabeça por favor me ajudem ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Vida na roça é piadas de caipiras, receitas de pratos da roça, plantas medicinais, horta orgânica, coisas da roça.