PIADAS DE CAIPIRA | VIDA NA ROÇA

PIADAS DE CAIPIRA

O TREM PARTIU E AGORA?0001

Uma mulher estava esperando o trem na estação ferroviária de uma cidade do interior de Minas, quando de repente sentiu uma vontade de urinar e foi ao banheiro, ao voltar, notou que o trem já havia partido e começou a chorar.
Tonho, um caipira comovido com a cena perguntou.

– Cadique ocê ta chorano dona?
– Fui ao banheiro urinar e o trem partiu.
– Mas será que ocê já num nasceu com esse trem partido não, dona?

REMÉDIO PARA EVITAR FILHOSpiadasdecaipira

Tonho, um caipira do interior de Minas, entra no consultório médico com a esposa e nove crianças a tiracolo e diz para o doutor arrumar uma maneira de evitar que tenham mais filhos.

– O senhor usa preservativos? Pergunta o médico.
– Que trem é esse seu dotô?

Muito prestativo, o médico explica o que é e até fornece algumas
camisinhas para Tonho que saiu do consultório bastante feliz. Passado seis meses, Tonho volta ao consultório médico bastante bravo, com a esposa grávida e questiona o doutor.

– Seu dotô, esse remédio é uma porcaria, num vale nada, nóis já vamo tê ôtra criança.
– Mas o senhor usou os preservativos? Perguntou o médico preocupado.
– Craro que usei seu dotô, eu usava esse trem todo santo dia, só tirava pra mijá e pra trepá…

TONHO E O POLICIAL.

O oficial da Polícia visita a fazenda de Tonho lá caipirapros lados de Santa Bárbara interior de Minas e fala…
– Tenho uma ordem judicial pra revistar sua fazenda…
– Mais pro cadequê seu moço?
– Suspeita de plantação de maconha…
– O sinhô, pode revistá mas num vai pra aquelas bandas hein e aponta para uma certa direção…
O policial fica nervoso e fala com uma certa arrogancia…
– Saiba que tenho o poder na mão, retira um crachá do bolso e mostra pra Tonho, este crachá me dá direito de entrar em qualquer propriedade sem precisar de responder
nenhuma pergunta, correto? Está claro?
Tonho com toda educação pede desculpas e volta pra lida, algum tempo depois, ele vê o policial correndo para escapar do touro Toretto que vinha correndo na sua direção,
a cada passo o touro vai chegando mais perto do policial que parece que será chifrado antes de conseguir alcançar um lugar seguro, Tonho, um mineirinho muito educado
e solícito, larga de seus afazeres, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:
– Seu crachá seu puliça, mostra o seu crachá pra ele uai…

O JUIZ E O MINEIRO!caipira1,5

O juiz pergunta ao réu mineirinho.
– Sua idade?

– 35 anos seu dotô!
– É casado?
– Sim!
– Com quem?
– Ca minha muié, uai sô!
O juiz muito irritado com o mineiro pergunta…
– O sr conhece alguém casado com um homem?
– Sim!
Quem?
– A minha muié uai!
Imagina o que aconteceu né, o mineirinho tá preso incomunicável.

Curta minha fan page>>> https://www.facebook.com/MINHAVIDANAROCA

BASTIÃO E O TOURO REPRODUTOR.patrão

Bastião, um caipira do interior, era dono de um touro considerado o melhor da região. O touro era seu único patrimônio, os fazendeiros da cidade, descobriram que o dito cujo, era o melhor reprodutor das redondezas e começaram a alugar o touro para cobrir suas vacas, era só colocar uma vaca no cio perto dele, rapidamente dava conta do recado e a vaca ficava cruzada, no entanto, devido  Bastião cobrar muito caro pelo aluguel do touro, os fazendeiros se reuniram e decidiram fazer uma oferta a Bastião pra comprar o touro.
– Bastião, põe preço neste bicho, vamos comprá-lo, Bastião, aproveitando da situação, pediu um preço absurdo. Os fazendeiros não aceitaram a proposta e foram se queixar com o prefeito da cidade, muito sensibilizado com a situação, o prefeito bancou o preço, comprando o animal com o dinheiro da Prefeitura e o registrou como patrimônio do município, passando a servir os fazendeiros de graça, os fazendeiros trouxeram suas vacas para o touro cobrir, na primeira vaca, o touro deu uma cheirada e nada… Deve ser culpa da vaca, disse o fazendeiro, ela é muito magra o touro não deve ter gostado, trouxeram outra vaca, uma holandesa, a mais bonita do pedaço, o touro deu uma cheiradinha na vaca e, nada. O Prefeito, desesperado, por fazer um investimento muito alto, chamou Bastião.
– O que está acontecendo com este touro sr Bastião?
– Num sei não seu dotô, esse bichim nunca fez isso antes sô, deixa eu cumversá com ele.

Bastião, aproximou do touro e perguntou!
– O que tá conteceno com cê meu bichim, num tá mais quereno trabaiá?
E o touro deu aquela espreguiçada e respondeu!
– Parem de encher meu saco, agora sou funcionário público…

ALGUMAS PIADAS DE CAIPIRAS!caipira

O GAÚCHO E O MINEIRO!

O gaúcho numa prosa com o mineiro, pergunta:
-Bah tchê, nasci em Pelotas, e tu mineiro?
-uai sô, eu nasci inteirim, inteirim duma veizinha só.

CAIPIRAS NA RODOVIÁRIA!

Bastião chegou ao guichê da empresa de ônibus na rodoviária e pediu para a atendente:
– Ô moça, me dá uma passagem pra Jandira, ida e vorta?
– Meu senhor, aqui não vendemos passagem para Jandira…
Bastião virou-se para sua esposa e disse:
– Vamo imbora Jandira, a moça num qué vendê passagem procê não…

 

CAIPIRA ESPERTO!

Tonho é um caipira do interior de Minas, a muito tempo não via a cara da fruta, resolveu viajar até a capital Belzonte afim de visitar uma destas casas de garotas de programa, ao chegar, deparou com uma garota e foi logo perguntando:
– Quanto ocê cobra muié?
– 100 reais…
– Que isso muié, tá muito caro…
– Faço por 70 reais…
– Eu só tenho 20 reais…
– É muito pouco, por esse valor, negativo…
– Antão dona eu te dou 20 reais e meu celular…
Ela pensou e repensou, eu pego os 20 reais dele, vendo o celular e apuro uma boa grana, foram para o quarto e assim que terminou a transa, Tonho pegou  a calça tirou os 20 reais e deu para a garota…
E o celular?
– Ocê pode pegá uma caneta e anotá,

98870-7675…

QUE PROSA É ESSA SÔ.

prosas

 

 

 

Em uma prosa entre o fazendeiro e seu agregado…
De repente, o patrão saiu com essa:

– Diga-me Zeca, sua mulher faz sexo com você por amor ou por interesse?
– Oia dotô, eu acho que é por amor!
– Como você sabe?
– É pruquê ela nunca tá interessada uai….

DIPROMApatrão

Tunico é um fazendeiro de Antônio Dias interior de Minas, está proseando com um velho amigo na sala de sua fazenda, quando de repente, seu neto passa correndo entre eles, fazendo a maior algazarra  e seu avô o chama:

– Diproma, vai lá na cuzinha, fala pra sua vó trazê um cafezim pra visita… E o amigo estranha e fala pra Tunico:

– Mas que nome esquisito tem seu neto, porque chama ele assim?
– Chamo ele assim pruque mandei minha fia estudá em Belzonte, ai ela vortô com ele…..

1238277_238741426280018_997793090_n

Bastião chegou no guichê da empresa de ônibus na rodoviária e pediu para a atendente:
– Ô moça, me vende uma passagem pra Jandira, ida e vorta…
– Meu Sr, aqui não vendemos passagem para Jandira… Bastião virou-se para sua esposa e disse:
– Vamu imbora Jandira, a moça num qué vendê passagem
procê não uai…

O CAIPIRA NA ESCOLA

Tonho finalmente entra para a escola, fica animado com o aprendizado e resolve esnobar seu compadretonhonaescola2 Zeca…

– Então cumpadi Zeca, cê sabe quem foi Santos Dumont?
– Não, num sei não…
– Ih cumpadi é isso que dá ficá sem estudá…
E o Tiradentes, cê sabe quem foi?
– Também num sei não…
– Ih cumpadi é isso que dá ficá sem estudá…
Compadre Zeca fica irritado e diz pra Tonho,
cumpadi quero fazê uma pregunta procê…
– Cê sabe quem é Pedro Ernesto?
– Não, num sei não, quem é esse cabra?
– É o cabra que tá indo na sua casa enquanto cê vai estudá…

ACIDENTE DE TRANSITO

O gringo bate no carro de Tonho lá pros lados de Santa Bárbara – MG, desce do carro e diz calmamente pra Tonho:
– Hello…
– Relô qui nada sô, massô foi tudo!

acidentedetransito2

PROBLEMAURINARIO

 

 

 

 

João estava cansado de ouvir as queixas de sua esposa Joana, sempre reclamando de dores na bexiga, e resolve leva-la ao medico.
-A senhora urina com abundancia? Pergunta o doutor enquanto fazia os exames.
Joana que não sabia o significado daquela palavra, ficou calada.

-A senhora urina com abundancia? Repete o medico em tom mais alto.
E Joana continuou calada.
Nisso, João que estava ouvindo tudo pergunta:
– O que o dotô quer saber?
-Eu quero saber se a sua esposa mija com abundancia!
-Nao sô dotô, ela mija é com a bucetancia mesmo…

BRONCA NO CASEIRO

O fazendeiro chama seu caseiro e diz pra ele:
– Sr Joaquim, não deixe a sua cadela entrar
dentro da minha casa novamente, ela esta
cheia de pulgas! Na mesma hora Joaquim chama suabronca

 

 

cadelinha:
– Teodora, num entra mais na casa do patrão ele
falô que lá tá cheio de pulgas…

PESCADOR CAIPIRA TAMBÉM É MENTIROSO!!

CAISPIRANA PESCARIA

 

 

 

Zé Estevão, Nem e Gerardo, são três caipiras de Santa Bárbara, interior de Minas, foram pescar la pros lados da barragem de Peti.
Sabe como é que é né, quase todo pescador gosta de tomar umas e outras na pescaria. Zé estevão iscou o anzol e arremessou na agua, como ele estava meio mamado, dormiu sentado.
Nisso Nem e Gerardo avistaram um tatu, correram atras dele e o pegaram, combinaram de fazer uma sacanagem com o compadre Zé Estevão, ou seja, tiraram o anzol dele da agua, iscaram o tatu no anzol e jogaram de novo no rio. Zé acordou com aquele puxão forte na linha e começou a tirar o bicho da água e comentou com seus compadres:
– Tá vendo, depois falam que pescador é mentiroso, ocês tão de prova,
esse é o terceiro tatu que tiro da água hoje….

QUATRO CAIPIRAS NO MANICÔMIO

Quatro caipiras com mania de grandeza, internados em um manicômio para tratamento psiquiátrico estavam na maior prosa. Um paulista, um goiano, um gaúcho e um mineiro, como caipiras se entendem mesmo sendo de outros estados e com essa mania de grandeza, começaram a delirar…

– O paulista: Tenho muitas posse, vô compra a Disney!

– O goiano: Sô muito rico, vô compra a Mercedes Bens!

– O gaúcho: Bah guri, tenho muito dinheiro, vô compra a Microsoft!

E os três ao mesmo tempo perguntaramcaipiras11111012369_224083861079108_90044402_n

 

 

 

– E ocê mineiro?

– O mineiro: Tira o chapéu, coça a cabeça, engole a saliva e diz: Num vendo!

 

A enchente
O caipira morre de maneira trágica e vai para o ceu, chegando lá, Deus começa a interroga-lo:
– De que você morreu filho?
– foi por causa duma enchente muito forte sô!
Nisso uma outra alma intervem:
– Que enchente que nada, deve ter sido uma garoinha!ENCHENTE
– Não meu sinhô, foi uma chuvarada braba mesmo, na cidade, nas roças ficô tudo alagado, morreu muitas pessoas e muitos animár!
– Que nada, você não sabe o que é uma chuva forte!
O caipira já estava ficando muito nervoso e Deus interveio:
– Cala a boca Noé, deixe o homem contar a história dele…

CENSO DO IBGE 

Durante o censo do IBGE, o pesquisador, chegaENTREVISTA1

na casa de Tonho que é um caipira do interior,
afim de entrevista-lo:
– Bom dia senhor, quantos filhos tem?
– Dia seu moço, oia são seis meninas e cinco
meninos…
– Cara, sua prole é bem grande, não é?
– Bão inté que ela num é muito grande não sô, mas tá sempre dura uai…

A ESPOSA DO CAIPIRAcaipiras100

Zeca, é um caipira de Antônio Dias interior de Minas, leva sua esposa ao médico ginecologista, examinando sua esposa, o doutor faz o seguinte diagnóstico:

– Meu senhor, sua esposa está precisando de alguns complementos como verdura, ferro e cálcio. E o Zeca:

– Seu dotô o sinhô tá enganado, vêr dura ela tá sempre veno…
– Ferro, ela leva castôdia…
– Carcio, eu gradeço o sinhô se pudé colocar nela pruque ela tá meio forgada…

NARIZ ENTUPIDO

Um casal de caipiras, estava passeando pelaroça, de repente, a mulher vê um cavalo transando com a égua e pergunta:

– Zeca, que eles tão fazeno?NARZENTUPIDO

– Tão acasalano muié, quando a égua tá no cio, o cavalo sente o cheiro, ai eles cruzam…

Mais adiante ela vê um boi e uma vaca…

– Zeca o que eles tão fazeno?

– Tão acasalano muié, quando a vaca tá no cio, o boi sente o cheiro, ai eles cruzam…

– Ô Zeca, posso preguntá uma coisa procê?

– Pregunta muié?

– Cê tá com o nariz entupido?…

 
 

O BURRO DO BASTIÃO!!

Tonho e bastiaõ, são caipiras vizinhos, Tonho estava com dificuldades para arar sua terra para plantar milho, resolveu pedir ajuda ao seu compadre Bastião.oburro580178_219742888179872_1342301919_n

 

– Tonho… Ô cumpadi me empresta seu burro para me ajudá a arar minha terra?

– Bastião… Agora num posso cumpadi meu burro tá no pasto… 

No mesmo instante o burro relincha lá na cocheira…

– Tonho… Que isso cumpadi, tô ouvindo seuburro relinchar lá na cocheira!

– Bastião… Responde ofendido, ocê credita mais na palavra dele do que na minha?…

amocinha

O padre e a mocinha!!

 Um padre acabava de tomar posse em uma nova paróquia no interior de Minas ( Santa Bárbara ), quando no primeiro dia em que foi conhecer a cidade, deparou com uma mocinha puxando uma vaca pelo laço e perguntou… 

– Filha, onde vai com esta vaca?

– Tô levano a mimosa pra cruzá com o touro do Tonho sô padre…

O padre ficou muito horrorizado, chocado com a cena que a mocinha iria presenciar e disse…

– Seu pai não poderia fazer isso?

– Meu pai num pode não sô padre, tem que cê o touro mesmo…

ELEVADOR

 

O ELEVADOR MÁGICO

Bastião é um caipira de Santa Bárbara MG, resolve passear com a família para conhecer a capital. Chegando ao hotel, parou estupefato em frente ao elevador, tentando entender para que servia uma porta com tanta luz piscando.

De repente, entra uma senhora bem velhinha no elevador, a porta se fecha e ela desaparece. Pouco depois a porta se abre novamente e Bastião dá de cara com uma garota lindíssima saindo do elevador, entusiasmado com o que vê, ele chama o filho:

– Zequinha, vai lá chamá sua mãe!!

 

O DOTÔ SE LASCÔ

 

Um cara da cidade contratou um caipira e sua canoa para pescar num rio. O cara que era muito estudado, querendo zoar o caipira, perguntou:

O senhor conhece filosofia, Zeca?

– Num conheço não seu dotô…

– Ih rapaz, então o senhor perdeu uma grande parte da sua vida, a filosofia nos faz ver a vida de maneira diferente…

– O senhor já leu os grandes classicos da literatura Brasileira?

– Num li não dotô…

– Ah, então o senhor perdeu mais uma grande parte da sua vida, literatura é uma coisa maravilhosa, tem os romances, os contos, as poesias etc. 

– Já foi ao teatro seu Zeca?

– Num fui não dotô…

– Virgem Maria, então o senhor perdeu praticamente metade  de sua vida, assistir as peças de teatro, é uma sublime sensação, inigualável, é a vida retratada no palco… 

– O senhor já… ai o caipira interrompeu…

– Ocê sabe nadá dotô?

– Não, porque?

– Então seu dotô, o senhor perdeu a vida inteira, pruque o barco tá afundano…

 


OS PRIMOS DA CIDADE E DA ROÇA.

Os primos da cidade, metidos a modernos, foram passar o réveillon PRIMOS

com os parentes lá da roça. Um dia depois, estava o primo da cidade querendo esnobar o primo caipira com seu presente que ganhou no natal e para se mostrar, falou:

-Primo, viu o que eu ganhei de presente? Um “Ipod” de última geração! 100 Gigas, MP4, exibe vídeos, tira fotos etc. 

O primo caipira retrucou:

-Muito bão primo, bão dimais da conta sô!!

O primo da cidade ficou espantado e perguntou:

-Como bom, primo… Você também ganhou um “Ipod” ?

-Ganhei esse trem ai também primo.

-É mesmo? Quem te deu?

-Foi sua irmã, a prima.

-E qual é a marca dele?

-Num sei não primo, nóis tava la na cachuêra nadano pelado, eu cheguei por trás dela e incostei, ela virô e falô pra eu: 

“Aí Pode” É bão dimais da conta primo, agora si tem marca, eu num sei não.

 

O CAIPIRA IMPOTENTE.

 caipira100

Zeca um caipira do interior de minas, vai ao médico, para fazer um tratamento, pois já não funcionava mais com as mulheres. Chegando lá o médico faz os exames de praxe e diz:

– Meu senhor, o seu problema é por causa  do estresse, mas tem solução, vou lhe receitar um comprimido para tomar por 50 dias seguidos, tá entendido?

– Mas dotô, só sei contar até 10, passô disso eu me inrolo todim…

– Não tem problema, do outro lado da rua, tem uma papelaria, o senhor passe por lá e compra um caderno de 50 folhas e a cada comprimido tomado retire uma folha, quando acabar o caderno, terá tomado os 50 comprimidos…

Zeca atravessa a rua e e pede para a balconista:

– Ô moça me dá um caderno de 50 foia…

– A balconista pergunta… É BROCHURA? 

– Ô dotô fio duma égua, já ispaiô meu problema….

 

caipira11

O caipira maluco e a carta.
O caipira foi internado no manicômio para tratamento psiquiatrico, de repente o diretor viu ele escrevendo uma carta e pensou, se ele está escrevendo é porque o tratamento está fazendo o efeito esperado e começou a fazer perguntas…

– Zeca, pra quem está escrevendo esta carta? 

– Ah seu dotô é pra mim mesmo, eu nunca recebo cartas de ninguém…

– E o que está escrito nela?

– Cumé que vô sabê se ainda não recebi…

Me dá mais fichas.


bastiao

Em Antônio dias interior de Minas, Bastião um capiau, vê uma destas máquinas de refrigerantes e fica maravilhado.Coloca uma ficha e cai uma lata de coca-cola, coloca mais cinco fichas e cai mais cinco latas, coloca dez fichas e cai mais dez latas, cinquenta fichas…cinquenta latas…De repente ele pede ao atendente:

– Ô moço, me vê mais cem fichas?

– Meu senhor, assim você acabará com todas as minhas fichas…

– Num adianta reclamá, inquanto eu tivé ganhano, num paro…  

 

MINEIRIM ESPERTO!

Dois casais, paulistas e mineiros se reuniram para jogar cartas e de repente, caiu uma carta debaixo da mesa e o mineirim abaixou pra pegar a carta e deu uma olhada na mulher do paulista que estava com as partes de baixo desnuda, o mineiro suando frio, levantou para tomar água, a mulher do paulista disfarçou e foi atras, chegando na cozinha, ela perguntou:

– E ai mineirim, o que você achou?

– Ah, eu achei bão dimais uai!

– Por 500 reais a gente pode conversar…

– É muito dinheiro, mas pelo que eu ví, vale a pena uai, é só dizer quando!

– Pode ser amanhã a tarde, meu marido não estará em casa, ai você vem…

– Tá certo!

No outro dia, na hora marcada estava lá o mineiro, paga os 500 reais e transa com a mulher do paulista. À noite o paulista chega em casa de volta do trabalho e pergunta para a mulher:

– O mineirim esteve aqui a tarde hoje, né?

– Sim… Respondeu a mulher assustada…

– Deixou os 500 reais?

– Deixou sim… Respondeu a mulher completamente apavorada…

– Graças a Deus! Aquele mineirim passou no meu escritório de manhã, me pediu 500 reais emprestado e falou que passaria aqui a tarde sem falta para me pagar!

MINEIROESPERTO

 SE GOSTOU, DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO!!

CAIPIRA DESCONFIADO.CAIPIRADESCONFIADO

Zeca estava desconfiado que sua mulher o traia e resolveu chegar da lida mais cedo, quando chega em casa, viu o vagabundo pular a janela e desaparecer no matagal, Zeca pega a espingarda e resolve ir até a cidade para tentar descobrir quem era o amante de sua mulher. Já na cidade, perguntou para um homem…

– De onde cê tá vindo?

– Eu estou vindo da casa de minha namorada!

Encontrou com outro homem e perguntou…

– Cê tá vindo de onde?

– Estou vindo da casa de um amigo!

Nisso ele encontra com um padre…

– Sô padre cê tá vindo de onde?

– Estou vindo da casa do SENHOR!

Não precisa nem falar o que aconteceu, né?

 SE GOSTOU, DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO!!

Festa na cidade.

Tonho resolveu ir a uma festa que seu primo da cidade estava promovendo, pegou seu jipe e pé na estrada. Chegando lá, como não entendia nada de transito, acostumado a dirigir só na roça, entrou na contra mão, o guarda o parou e em tom bastante enérgico, muito bravo pela cagada que ele fez e já perdendo a paciência, gritou…

– O senhor está indo pra onde?

– Carma sô guarda, eu tô indo pra festa do primo mas…parece que a festa já acabô!

– Porque? Pergunta o guarda…

– Ora sô guarda, cê num tá veno qui tá todo mundo vortano!jipe

Se gostou, deixe seu comentário abaixo. 

caipira

 

 

 

 

 

 

 

 

Smartphone.

Zeca ganhou um Smartphone de presente de seu primo da cidade e Tonho, seu compadre ao ver aquilo, perguntou…
– Que negocim é isso cumpadi?
– Isso é um ismartefone!
O que cê vai fazê com esse trem cumpadi?
– Eu vô ficá com o fone e o ismarte vô dá pra minha muié passá nas unha!

OS CAIPIRAS NO HOSPÍCIO

Dois amigos caipiras estavam internados em um hospício numa cidade do interior de Minas para tratamento psiquiátrico, de repente um deles pula na piscina para cometer suicídio e o outro observando a cena, pulou imediatamente e salvou o amigo que estava se afogando. No outro dia o diretor do hospício foi conversar com o caipira herói…

– Muito bem rapaz, devido a seu ato de heroísmo e de bravura, reavaliamos seu caso e decidimos te dar alta, mas 

burro

temos uma má noticia para lhe dar…

– Quar é a má nuticia dotô?

– Aquele seu amigo estava mesmo querendo se matar, encontramos ele hoje cedo pendurado, enforcado…

– Eu é qui pindurei ele pra secá…

O caipira e o supositório.

caipira

O caipira foi ao médico afim de curar de uma dor que já estava atormentando bastante.
– Dotô, que dor é essa?
– Não é nada grave, é apenas uma inflamação, vou te receitar um supositório, você coloca e fica tudo bem…
– Brigado dotô…
Chegando em casa sua mulher pergunta:
– E ai Tunico, cumé qui foi lá no médico homi?
– Eu priciso usá isso muié, chama suispositori…
– Mais cumé qui se usa isso homi?
– sei lá muié…
– Intão vorta lá homi, cê tá pagano, ele tem qui ixplicá…
– Dotô, onde é qui o sinhô mandô eu colocá esse trem mermo?
– De que trem o senhor está falando?
– É o suispositori…
– Ah bom, supositório, é para colocar no reto…
– Brigado dotô…
– E ai Tunico cumé qui foi lá? Pergunta sua mulher…
– Eu priciso colocá esse trem no reto…
– Mais aonde fica esse negócio Tunico?
– Uai muié, eu sei lá…
– Mas ocê tá pagano, vorta lá, ele tem que te ixplicá tudinho…
– Mas o homi vai ficar brabo muié…
– Vai logo sô, cê tá pagano…
– Dotô, onde é mermo qui eu tenho qui colocá o troço?
– Já disse que é no reto, no final da coluna cervical…
– Brigado dotô…
– Ô muié, é só eu colocá no reto no finar da culuna cervicar…
– Ih tunico, mas o que é esse tar de cervicar?
– isso também eu num sei muié…
– Intão vorta lá homi, cê tá pagano…
– Dotô, me discurpa mas onde é que o sinhô falô pra eu colocá o nigucim?
– Enfia no c….
– Oia muié eu num falei qui o homi ia ficá brabo, mandô eu infiá o trem no c….

 

 

O DESAFIO ESCOLARcriançacaipira

O professor resolveu fazer uma brincadeira com seus alunos e lançou um desafio.– Aquele que se achar burro, fique de pé…Ninguém levanta e ficam todos em silencio…
Depois de alguns minutos, Toinho, um menino caipira levanta…
– Então Toinho, você se acha burro? – Pergunta o professor…
– Bão, pra falá a verdade, num acho não, fiquei é com pena de vê o sinhô ai de pé sozinho…

ERRO MÉDICO

Bastião, um caipira do interior de Minas, estava com um problema na perna e foi internado para tratamento, ao acordar depois de quatro dias em estado de coma e sem nenhuma ideia do que tinha acontecido, pergunta ao médico…
– Dotô, o que aconteceu? Num tô sentino minhas perna…patrão O médico meio encabulado diz: 

-Tenho duas noticias par você, uma boa e uma ruim, qual você quer saber primeiro?
– fala a ruim primeiro dotô…
– A ruim é que amputamos sua perna boa…
– É mesmo dotô? e a boa?
– A boa é que sua perna ruim está sarando…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mineiro em New York.

Um mineiro muito bom de cama, passando por New York, arruma uma americana e parte  caipira100para os finalmente.
Durante a relação, a americana fica louca e começa a gritar:
– “Once more, once more, once more”.
E o mineiro responde todo aflito:
– Belzonte, Belzonte, Belzonte, uai.

CAIPIRAS SE ALISTANDO NO EXÉRCITO.

Tonho e o Zeca foram se alistar no exército.
– O que você veio fazer aqui? Perguntou o Coronel!
– Uai, vim fazê o quarté seu coroné!
– Fazer o quartel não, o quartel já está pronto, você veio é servir a pátria, entendeu? Gritou o coronel!caipira11

– Entendi, sim senhor coroné!
O coronel continuou:
– O que é aquilo? Perguntou apontando para a bandeira do Brasil!
– Oia, isso ai é uma bandeirinha sô!
– Bandeirinha não, isso ai a partir de hoje, é a sua mãe, tá entendido? E Sai da minha frente!
Todo sem graça, Tonho saiu e foi a vez de Zeca:
– E você, o que veio fazer aqui?
– Eu vim serví a pátria seu coroné!
– Muito bem! O que é aquilo? Perguntou o coronel apontando para a bandeira!
– Uai sô, aquela lá, é a tia Josefa, a mãe do Tonho.

O caipira registrando o filho.

O caipira do interior, vai ao cartório para registrar seu novo filho e o tabelião diz:
– Qual vai ser o nome do menino?
– Vai ser Dois Aberto.
– Ora meu senhor com esse nome não tem condições de fazer o registro.
O caipira fica muito bravo e diz:
– Como não pode, meu primeiro fio chama “Zeroberto”, o segundo fio “Umberto”, então é craro que terceiro tem que chamar “Dois Aberto”.

patrão

O menino caipira e o viajante.criançacaipira

Estava o viajante lá no norte de Minas, depois de vários dias viajando, debaixo de um sol escaldante, morrendo de sede e perdido por aquelas bandas, quando deparou com um menino caipira na porta de uma casinha de sapé.
– Olá garoto, poderia arranjar algo para eu beber? Pediu o viajante…
– Posso arrumá sim, sinhô…
O menino entra pra dentro de casa e volta com uma cuia imunda e entrega ao viajante.
O viajante olha com nojo para aquela cuia, mas como estava com muita sede, fecha
os olhos e bebe tudo de uma só vez.
– Ô moço, ocê num gostô não? Pergunta o menino…
– Gostei não, estava com um gosto horrível, amargando bastante, será porque?
– É pruque tinha um rato morto dentro da cuia seu moço…
– Ô moleque sacana, esbravejou o viajante muito furioso, se eu te pego, quebro esta cuia na sua cabeça…
– Faz isso não sô, essa cuia é de minha mãe fazê as necessidade dela…

 

 

 

O terremotocaipira11

O Governo Brasileiro detectou através do controle de abalos sísmico nacional
que haveria um grande terremoto numa pequena cidade de Minas nos próximos dias
e enviou um telegrama para a delegacia de policia local.

O telegrama:
** Urgente – Grande movimento sismico na zona – É muito perigoso –
Sete na escala Richter – Epicentro a 5km da cidade – Tomem medidas – Informem
os resultados **

Alguns dias depois, o controle de abalos sísmico recebeu um telegrama do delegado, um sujeito caipira muito simples.

O telegrama:
** Aqui é o delegado – Esse tar de movimento sísmico foi totarmente disarticulado – O Richter tentô fují mas nóis abatemos ele a tiros – Fechamos a zona, as muié da vida tá tudo presa – Epicentro, Epifânio, Epitácio e seus irmãos tá tudo preso também **.
Num respondemo antes porque teve um terremoto dos diabo aqui.

O fiscal e o fazendeiro.patrão

O ibama recebe uma denúncia e manda um fiscal na propriedade de um fazendeiro do interior de Minas para averiguação, o fazendeiro embora analfabeto, também era um destes antigos coronéis que mandava e desmandava na região. O fiscal chegando ao local sem se identificar, trava um dialogo com o
dito cujo.
– Bom dia sr, tem caçado muito por aqui?
– Tenho sim seu moço, dias desse, eu matei dez capivara.
– O fiscal atordoado pergunta… O senhor matou dez capivaras?
– Matei sim sinhô, o fazendeiro chama seu filho…
– Bastião… Ô Bastião, traz pra mim as cabeça das capivaras pra mostrá pro moço…
– E tem caçado outros animais? Perguntou o fiscal
– Esta semana só foi cinco pacas, Bastião vai lá e traz as cabeça das paca…
O fiscal estarrecido com o que estava acontecendo perguntou ao fazendeiro…
– Não tem aparecido nenhum fiscal do ibama por aqui?
– Bastião, vai lá e traz a cabeça do fiscal pra mostrá pro moço…
– Não há necessidade de trazer, até mais ver…
– Não há de que seu moço, vorte sempre…

O CAIPIRA CAÇADOR.caipira11

O fazendeiro estava pagando uma boa grana pra quem conseguisse pegar uma onça que estava comendo os bezerros de sua fazenda.
De repente, aparece seu compadre e foi se oferecendo pra fazer o serviço e la se foi pro matagal adentro atras da dita cuja.
Depois de um certo tempo, ele avistou a onça que começou a correr atras dele e foram correndo ele na frente, a onça atras, quando estava quase chegando na fazenda, a onça deu um bote pra cima dele e por sorte, ele escorregou e caiu no chão, a onça voou por cima dele caindo no terreiro
da fazenda bem na frente do fazendeiro.
Nisso o caçador gritou:
– Sigura essa ai cumpade, qui vô buscar outra…

A ÁRVORE DA FORTUNA.patrão

Um certo dia Tonho estava passeando pela mata, quando uma árvore lhe perguntou:
– Você quer ficar rico?
Tonho muito assustado sem responder a árvore, volta pra casa correndo e fala para Maria, sua mulher:
– Ô muié, eu tava andano pela mata e uma arvre me perguntô se eu queria ficar rico!
Maria perguntou:
– mais o que ocê falô pra arvre homi?
Tonho respondeu:
– Falei nada não muié, fiquei com medo da arvre e vim imbora correno pra casa.
Maria com muita raiva diz para Tonho voltar na mata rapidamente e dar a resposta para a árvore.
Tonho, cagando de medo voltou na mata e a arvore lhe perguntou novamente:
– Você quer ficar rico?
Tonho tomou coragem e falou:
– Quero sim sô!
A árvore respondeu:
– Vai trabalhar vagabundo…

O caipira e o farmacêutico.MINEIROESPERTO

Um rapaz caipira menor de idade, chega na farmácia e pede ao atendente:
– Ô seu moço, eu quero uma camisinha.
O farmacêutico olha para o rapaz com um olhar surpreso:
– É que eu vô jantá na casa da minha namorada hoje né seu moço e de repente, pode rolá um clima, ocê sabe cumé que é né?
O farmacêutico entrega o preservativo para o rapaz.
Algum tempo depois o rapaz caipira volta e pede outra camisinha.
– Lembrei que a minha namorada tem uma irmã que é muito gostosa, quem sabe ela também não se interessa por mim né?
Cinco minutos depois, estava novamente o caipira na farmácia.
-Sabe seu moço, eu tive pensano e resorvi comprar mais uma camisinha,
ouvi dizê que a mãe das minina gosta muito de rapaz jovem, ocê sabe né,
um homi privinido vale por dois.
À noite, na hora do jantar, a família da namorada reunida à mesa, o caipira permanece o tempo inteiro no mais absoluto silêncio, de repente a menina vira para o rapaz e cochicha:
– Puxa querido, você ainda não disse uma só palavra, não sabia que
era tão tímido!
– É que eu também num sabia que seu pai era farmacêutico!

NOIS É ANJU.

Dois caipiras resolveram assaltar a igreja à noite, o padre percebendo um barulho, acendeu as luzes e perguntou:
– Quem está ai?
Os caipiras permanecem calados.
Então o padre quase gritando, perguntou novamente:
– Responda, quem está ai?
Um dos caipiras respondeu baixinho:
– Nois é anju sô padre!
O padre muito desconfiado diz:
– Se vocês são anjos, é só voar pra eu ver.
O outro caipira sem saber o que dizer, responde!

– Nois é fiote ainda.

fiote

O CAIPIRA E O PEIDOcaipira

O caipira viajou até a capital para fazer um tratamento de saúde problema no intestino.
No hospital, pegou o elevador junto com um casal de meia idade, afim de chegar ao consultório médico que fica no décimo andar. De repente, o caipira soltou um peido daqueles bem fedorento.
O marido questiona o caipira:
– Como se atreve a peidar na frente da minha esposa?
– Discurpa meu sinhô, eu num sabia que era a vez dela…

De quem é o pato.caipira1,5
Tonho, um fazendeiro muito esperto do interior de Minas Gerais e um cara da capital, resolveram entrar na mata para caçar, de repente os dois dão um tiro ao mesmo tempo e começa uma discussão para saber quem tinha matado o pato, como ninguém queria ceder, Tonho
falou para o cara da capital.
– Vamo resorvê esse trem a moda antiga!
– Como?
– Cada um dá um pontapé na viria do ôtro, quem gritá menos, fica com o pato, certo?
– Certo!
– Eu cumeço intão, tá bão?
– Ok, pode começar!
Então Tonho se prepara e dá um pontapé com toda a força nas partes íntimas do outro, que cai no chão e fica ali por trinta minutos, quando consegue se levantar, diz, ainda meio atordoado:
– Agora é minha vez, certo?
– Ah seu moço, isquenta a cabeça não, pode ficá com o pato procê…..

fiote

O menino caipira e o viajante.

Estava o viajante lá no norte de Minas, depois de vários dias viajando, debaixo de um sol escaldante, morrendo de sede e perdido por aquelas bandas, quando deparou com um menino caipira na porta de uma casinha de sapé.
– Olá garoto, poderia arranjar algo para eu beber? Pediu o viajante…
– Posso arrumá sim, sinhô…
O menino entra pra dentro de casa e volta com uma cuia imunda e entrega ao viajante.
O viajante olha com nojo para aquela cuia, mas como estava com muita sede, fecha os olhos e bebe tudo de uma só vez.
– Ô moço, ocê num gostô não? Pergunta o menino…
– Gostei não, estava com um gosto horrível e amargando bastante, será porque?
– É pruque tinha um rato morto dentro da cuia seu moço…
– Ô moleque sacana, esbravejou o viajante muito furioso, se eu te pego, quebro esta cuia na sua cabeça…
– Faz isso não seu moço, essa cuia é de minha mãe fazê as necessidade dela sô…

O GAÚCHO E O MINEIRO.

O mineiro em visita ao Rio Grande do sul, entra em uma lanchonete e pede ao atendente um copo de leite.
– Oh tchê, aqui no Rio Grande não gostamos de homem que bebe leite!
– Uai, la em Minas, num gostamos de homem é de jeito
nenhum sô!

O Canário aleijado.

Um compadre foi na casa do outro afim de comprar um canário bom de canto.
– E ai cumpadi tô quereno um canarim, mas tem que sê muito bão de canto…
– No momento num tenho não cumpadi, mas assim que tiver
mandarei procê na sua casa…
Passado alguns dias, o compadre recebe o canário em sua casa, mas não gostou e devolveu o bichinho.
– Pruque cê tá me devorvendo o canarim cumpadi?
– É pruque ele só tem uma perna uai!
– Mas ocê tá quereno um canário pra cantar ou pra jogar futebor…

Festa na cidade.

Tonho resolveu ir a uma festa que seu primo da cidade estava promovendo, pegou seu jipe e pé na estrada.
Chegando lá, como não entendia nada de transito, acostumado a dirigir só na roça, entrou na contra mão, o guarda o parou e
em tom bastante enérgico, muito bravo pela cagada que ele fez e já perdendo a paciência, gritou…
– O senhor está indo pra onde?
– Carma sô guarda, eu tô indo pra festa do primo mas…parece que a festa já acabô!
– Porque? Pergunta o guarda…
– Ora sô guarda, cê num tá veno qui tá todo mundo vortano!

MINEIRIM ESPERTO!

Dois casais, paulistas e mineiros se reuniram para jogar cartas e de repente,
caiu uma carta debaixo da mesa e o mineirim abaixou pra pegar a carta e deu
uma olhada na mulher do paulista que estava sem as partes de baixo.
O mineiro suando frio, levantou para tomar água, a mulher do paulista disfarçou
e foi atras, chegando na cozinha, ela perguntou:
– E ai mineiro, o que você achou?
– Ah, eu achei bão dimais!
– Por 500 reais a gente pode conversar…
– É muito dinheiro, mas pelo que eu ví, vale a pena uai, é só dizer quando!
– Pode ser amanhã a tarde, meu marido não estará em casa, ai você vem…
– Tá certo!
No outro dia, na hora marcada estava lá o mineiro, paga os 500 reais e transa com a mulher do paulista.
À noite o paulista chega em casa de volta do trabalho e pergunta para a mulher:
– O mineiro esteve aqui a tarde hoje, né?
– Sim… Respondeu a mulher assustada…
– Deixou os 500 reais?
– Deixou sim… Respondeu a mulher completamente apavorada…
– Graças a Deus! Aquele mineirim passou no meu escritório de manhã, me pediu 500 reais emprestado e falou que passaria aqui
a tarde sem falta para me pagar!

ERRO MÉDICO

Bastião, um caipira do interior de Minas, estava com um problema na perna e foi internado para tratamento, ao acordar depois de quatro dias em estado de coma e sem nenhuma ideia do que tinha acontecido, pergunta ao médico…
– Dotô, o que aconteceu? Num tô sentino minhas perna?…
O médico meio encabulado diz:
– Tenho duas noticias para você, uma boa e uma ruim, qual você quer saber primeiro?
– fala a ruim primeiro dotô…
– A ruim é que amputamos sua perna boa…
– É mesmo dotô? e a boa?
– A boa é que sua perna ruim está sarando…

Causos de pescadores.

Dois compadres caipiras, estavam pescando lá no rio Piracicaba em Antônio Dias interior de Minas, quando de repente um fala pro outro:
– Sabe cumpadi, onti nesse mesmo lugar eu pesquei um lambari de um metro….
O outro respondeu:
– Ih cumpadi, num é que semana passada nesse mesmo local eu pesquei um lampião aceso….
O primeiro então disse pro outro:
– que isso cumpadi, é impossível pescar um lampiaõ aceso….
O outro então responde:
– Intão ocê diminui o tamanho de seu lambari que eu apago meu lampião….

O caipira maluco e a carta.

O caipira foi internado no manicômio para tratamento psiquiátrico, de repente o diretor viu ele escrevendo uma carta e pensou, se ele está escrevendo é porque o
tratamento está fazendo o efeito esperado e começou a fazer perguntas…
– Zeca, pra quem está escrevendo esta carta?
– Ah seu dotô é pra mim mesmo, eu nunca recebo cartas de ninguém…
– E o que está escrito nela?
– Cumé que vô sabê se ainda não recebi…

Aceito um golinho.

Tonho foi até a cidade para fazer uma consulta médica rotineira e o médico faz aquelas perguntas de praxe…
– Qual seu nome?
– Tonho
– Sua idade?
– 42 anos
– O sr bebe?
– Aceito um golinho pra te acompanhá…

QUE ISSO CUMPADE!!

Zeca chega em casa de volta da lida, abre o armário e surpresa! O que ocê tá fazeno ai cumpade?
– Carma cumpade, a cumade me chamô para acabá com as traças do seu armário…
– Acabá com as traças? Mas ocê tá pelado…
– Ih cumpade as fia duma égua cumero minhas rôpa…

COMO ENGRAVIDAR!!

Auzira, é uma caipira do interior de Minas, vai ao ginecologista e diz que não consegue engravidar.
Ao examina-la o médico diz:
– D Auzira, faz o favor de tirar a roupa e deitar naquela maca…
Auzira fica toda sem jeito e fala:
– Mas seu dotô, eu quiria ter um filho do meu Bastião…

PECADO CAPITAL.

O sujeito da cidade, depois de trabalhar duro na obra, tira uma folga e vai passear na fazenda, chegando lá dá de cara com um caipira tirando uma soneca na rede, o sujeito não resiste e diz:
– Você sabia que a preguiça é um pecado capital?
– A inveja também é uai!!

PLANO DE SAÚDE.

Tonho levou sua mulher ao médico para uma consulta de rotina, o médico examinando perguntou:
– A senhora tem orgasmo?
– Cumé que é dotô, que negócio é esse?
– Orgasmo minha senhora, tem?
– Um momento seu dotô vou preguntar a Tonho…
Nisso ela abre a porta do consultório e grita:
Tonho, o dotô tá preguntano se eu tenho orgasmo…
– Ô muié burra, fala com o dotô que cê tem é UNIMED…

A Traição.

Zeca estava desconfiado que sua mulher o traia e resolveu chegar da lida mais cedo, quando chega em casa, viu o vagabundo pular a janela e desaparecer no matagal, Zeca pega a espingarda e resolve ir até
a cidade para tentar descobrir quem era o amante de sua mulher. Já na cidade, perguntou para um homem…
– De onde cê tá vindo?
– Eu estou vindo da casa de minha namorada!
Encontrou com outro homem e perguntou…
– Cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa de um amigo!
Nisso ele encontra com um padre…
– Sô padre cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa do SENHOR!
Não precisa nem falar o que aconteceu, né?

fiote

O menino caipira e o viajante.

Estava o viajante lá no norte de Minas, depois de vários dias viajando, debaixo de um sol escaldante, morrendo de sede e perdido por aquelas bandas, quando deparou com um menino caipira na porta de uma casinha de sapé.
– Olá garoto, poderia arranjar algo para eu beber? Pediu o viajante…
– Posso arrumá sim, sinhô…
O menino entra pra dentro de casa e volta com uma cuia imunda e entrega ao viajante.
O viajante olha com nojo para aquela cuia, mas como estava com muita sede, fecha os olhos e bebe tudo de uma só vez.
– Ô moço, ocê num gostô não? Pergunta o menino…
– Gostei não, estava com um gosto horrível e amargando bastante, será porque?
– É pruque tinha um rato morto dentro da cuia seu moço…
– Ô moleque sacana, esbravejou o viajante muito furioso, se eu te pego, quebro esta cuia na sua cabeça…
– Faz isso não seu moço, essa cuia é de minha mãe fazê as necessidade dela sô…

PIADA O GAÚCHO E O MINEIRO.

O mineiro em visita ao Rio Grande do sul, entra em uma lanchonete e pede ao atendente um copo de leite.
– Oh tchê, aqui no Rio Grande não gostamos de homem que bebe leite!
– Uai, la em Minas, num gostamos de homem é de jeito nenhum sô!

O Canário aleijado.

Um compadre foi na casa do outro afim de comprarum canário bom de canto.
– E ai cumpadi tô quereno um canarim, mas tem
que sê muito bão de canto…
– No momento num tenho não cumpadi, mas assim que tiver mandarei procê na sua casa…
Passado alguns dias, o compadre recebe o canário em sua casa, mas não gostou e devolveu o bichinho.
– Pruque cê tá me devorvendo o canarim cumpadi?
– É pruque ele só tem uma perna uai!
– Mas ocê tá quereno um canário pra cantar ou prajogar futebor…

Festa na cidade.

Tonho resolveu ir a uma festa que seu primo da cidade estava promovendo, pegou seu jipe e pé na estrada.
Chegando lá, como não entendia nada de transito, acostumado a dirigir só na roça, entrou na contra mão, o guarda o parou e
em tom bastante enérgico, muito bravo pela cagada que ele fez e já perdendo a paciência, gritou…
– O senhor está indo pra onde?
– Carma sô guarda, eu tô indo pra festa do primo mas…parece que a festa já acabô!
– Porque? Pergunta o guarda…
– Ora sô guarda, cê num tá veno qui tá todo mundo vortano!

MINEIRIM ESPERTO!

Dois casais, paulistas e mineiros se reuniram para jogar cartas e de repente, caiu uma carta debaixo da mesa e o mineirim abaixou pra pegar a carta e deu uma olhada na mulher do paulista que estava sem as partes de baixo.
O mineiro suando frio, levantou para tomar água, a mulher do paulista disfarçou e foi atras, chegando na cozinha, ela perguntou:
– E ai mineiro, o que você achou?
– Ah, eu achei bão dimais!
– Por 500 reais a gente pode conversar…
– É muito dinheiro, mas pelo que eu ví, vale a pena uai, é só dizer quando!
– Pode ser amanhã a tarde, meu marido não estará em casa, ai você vem…
– Tá certo!
No outro dia, na hora marcada estava lá o mineiro, paga os 500 reais e transa com a mulher do paulista.
À noite o paulista chega em casa de volta do trabalho e pergunta para a mulher:
– O mineiro esteve aqui a tarde hoje, né?
– Sim… Respondeu a mulher assustada…
– Deixou os 500 reais?
– Deixou sim… Respondeu a mulher completamente apavorada…
– Graças a Deus! Aquele mineirim passou no meu escritório de manhã, me pediu 500 reais emprestado e falou que passaria aqui
a tarde sem falta para me pagar!

ERRO MÉDICO.

Bastião, um caipira do interior de Minas, estava
com um problema na perna e foi internado para
tratamento, ao acordar depois de quatro dias em estado de coma e sem nenhuma idéia do que tinha acontecido, pergunta ao médico…
– Dotô, o que aconteceu? Num tô sentino minhas perna…
O médico meio encabulado diz:
– Tenho duas noticias para você, uma boa e uma ruim, qual você quer saber primeiro?
– fala a ruim primeiro dotô…
– A ruim é que amputamos sua perna boa…
– É mesmo dotô? e a boa?
– A boa é que sua perna ruim está sarando…

Causos de pescadores.

Dois compadres caipiras, estavam pescando lá no rio Piracicaba em Antônio Dias interior de Minas, quando de repente um fala pro
outro:
– Sabe cumpadi, onti nesse mesmo lugar eu pesquei um lambari
de um metro….
O outro respondeu:
– Ih cumpadi, num é que semana passada nesse mesmo local eu
pesquei um lampião aceso….
O primeiro então disse pro outro:
– que isso cumpadi, é impossível pescar um lampiaõ aceso….
O outro então responde:
– Intão ocê diminui o tamanho de seu lambari que eu apago meu lampião….

O caipira maluco e a carta.

O caipira foi internado no manicômio para tratamento psiquiátrico, de repente o diretor viu ele escrevendo uma carta e pensou, se ele está escrevendo é porque o tratamento está fazendo o efeito esperado e começou
a fazer perguntas…
– Zeca, pra quem está escrevendo esta carta?
– Ah seu dotô é pra mim mesmo, eu nunca recebo cartas de ninguém…
– E o que está escrito nela?
– Cumé que vô sabê se ainda não recebi…

Aceito um golinho.

Tonho foi até a cidade para fazer uma consulta médica rotineira e o médico faz aquelas perguntas de praxe…
– Qual seu nome?
– Tonho
– Sua idade?
– 42 anos
– O sr bebe?
– Aceito um golinho pra te acompanhá…

QUE ISSO CUMPADE!!

Zeca chega em casa de volta da lida, abre o armário e surpresa! O que ocê tá fazeno ai cumpade?
– Carma cumpade, a cumade me chamô para acabá com as traças do seu armário…
– Acabá com as traças? Mas ocê tá pelado…
– Ih cumpade as fia duma égua cumero minhas rôpa…

COMO ENGRAVIDAR!!

Auzira, é uma caipira do interior de Minas, vai ao ginecologista e diz que não consegue engravidar.
Ao examina-la o médico diz:
– D Auzira, faz o favor de tirar a roupa e deitar naquela maca…
Auzira fica toda sem jeito e fala:
– Mas seu dotô, eu quiria ter um filho do meu Bastião…

PECADO CAPITAL.

O sujeito da cidade, depois de trabalhar duro na obra, tira uma folga e vai passear na fazenda, chegando lá dá de cara com um caipira tirando uma soneca na rede, o sujeito
não resiste e diz:
– Você sabia que a preguiça é um pecado capital?
– A inveja também é uai!!

ORGASMO – PLANO DE SAUDE.

Tonho levou sua mulher ao médico para uma consulta de rotina, o médico examinando perguntou:
– A senhora tem orgasmo?
– Cumé que é dotô, que negócio é esse?
– Orgasmo minha senhora, tem?
– Um momento seu dotô vou preguntar a Tonho…
Nisso ela abre a porta do consultório e grita:
Tonho, o dotô tá preguntano se eu tenho orgasmo…
– Ô muié burra, fala com o dotô que cê tem é UNIMED…

A Traição.

Zeca estava desconfiado que sua mulher o traia e resolveu chegar da lida mais cedo, quando chega em casa, viu o vagabundo pular a janela e desaparecer no matagal, Zeca pega a espingarda e resolve ir até a cidade para tentar descobrir quem era o amante de sua mulher. Já na cidade, perguntou para um homem…
– De onde cê tá vindo?
– Eu estou vindo da casa de minha namorada!
Encontrou com outro homem e perguntou…
– Cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa de um amigo!
Nisso ele encontra com um padre…
– Sô padre cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa do SENHOR!
Não precisa nem falar o que aconteceu, né?

O Caipira e o Guarda.

O caipira do interior de Minas, viajou até Belo Horizonte afim de conhecer a cidade, mas como era a primeira vez que ele viajava para conhecer a capital mineira e com muita dificuldade para atravessar a rua, ele resolve pedir ajuda ao guarda de transito…caipira1,5
– Ô sô guarda, ocê num qué me ajudá a travessá essa rua?
O guarda já em final de expediente, bastante irritado pela jornada estafante
de trabalho disse ao caipira…
– Eu te ajudo a atravessar a rua por 10 reais!
– Pricisa não sô guarda, muito obrigado!
O caipira foi mais à frente para arranjar outra pessoa para ajuda-lo, encontrou
uma mulher rodando a bolsinha, ou seja, uma prostituta e foi logo dizendo para
a mulher…
– Ô moça, vamos?
– É 200 reais!
– Que isso moça, eu vô é com o guarda que é mais baratim!

Piadas de caipiras e causos aqui no canal de tv de vida na roça.

Aqui nesta postagem, mostraremos a tv fiotevida na roça com algumas piadas de caipiras e alguns causos de Rolando Boldrin e outros.

                  ASSISTA AO NOSSO CANAL DE TV 

O CAIPIRA E O PADRE.caipira1,5

O caipira, foi até a cidade para se confessar e chegando à igreja foi até o confessionário e começou a falar.
– Sô padre, me perdoa, eu pequei.
– Qual seu pecado meu filho?
– Eu tava com minha namorada sozinho, a casa sozinha, ocê sabe como é que é né sô padre, eu CREU! Depois eu e minha prima sozinho, a casa sozinha, aconteceu de novo sô padre.
E um pouco mais tarde sô padre minha vizinha entrou na minha casa, eu sozinho e minha vizinha sozinha e…aconteceu de novo.
Nisso o padre sai correndo e o caipira grita… Onde o sinhô vai sô padre?
– Vai se fuder seu caipira! Eu sozinho, você sozinho e a igreja vazia… Vai pegar o capeta…

O CAVALO ESPECIAL.bastiao

Zeca é um caipira do interior de Minas, comprou um cavalo muito especial que obedecia apenas pelo comando de voz.
Para ele avançar à frente, Zeca tinha que dizer a frase  GRAÇAS A DEUS e para o cavalo parar a frase era SÃO JUDAS TADEU “.
Então Zeca resolveu testar o cavalo falando repetidas vezesGRAÇAS A DEUSaté o cavalo atingir a velocidade
de 100 km/hora.
De repente, um precipício a 200 metros e Zeca não lembrava qual era o comando para fazer o cavalo parar e foi falando
SÃO LUCAS ” ” SÃO PEDROSÃO SEBASTIÃOaté que lembrou e falou imediatamenteSÃO JUDAS TADEUO cavalo parou na beirinha do abismo e Zeca disse todo aliviadoGRAÇAS A DEUS

O CAIPIRA E SUA ESPOSA TRAIDORA.caipira1,5

Tonho um caipira do interior, estava cansado de ouvir rumores de que sua esposa o traia, um belo dia, saiu de casa fingindo que ia pro trabalho e após sua esposa Josefa despedir e fechar a porta, Tonho resolveu subir num pé de manga que fica bem em frente a porta de entrada de sua residencia afim de dar um flagrante nos traidores.
De repente, o dito cujo chega e fica chupando mangas que caíram do pé, chupa um, duas, três etc e Tonho sacando tudo lá de cima. De repente Josefa chega até a porta e berra pro Ricardão, pode entrar, o Tonho já foi trabalhar, o Ricardão chupa a última manga e vai correndo pra dentro da casa de Tonho para consumar a traição.
Tonho desce da mangueira furioso falando que hoje eu dou um flagra nesses dois e os matarei, vai até um armário,
pega um facão, entra na casa e depara com o Ricardão com a boca nos seios de sua esposa, a se deliciar, nisso, Tonho dá um grito com o facão na mão.
– ô seu vagabundo, ocê vai morrê…
De repente o Ricardão tira de sua capanga um revolver e aponta para Tonho e grita…
– Morrer, porquê?
Ai Tonho diz para o Ricardão!
– Ocê tava chupando manga agorinha mesmo e tá tomano leite, ocê num sabe que manga com leite mata sô…

O menino caipira no velório.criançacaipira

Toinho, um menino caipira, comprou uma bicicleta usada, bem velha mesmo, ao passear pela comunidade rural, parou
em frente da igreja, estacionou a bicicleta, entrou na igreja e deparou com um velório de uma mulher muito idosa, ficou na igreja alguns minutos e resolveu ir embora.
Quando saiu lá fora observou que tinham roubado sua bicicleta, sentou na calçada e começou a chorar.
O padre pensando que estava chorando por causa da velha que morreu disse:
– Não chore meu filho, ela estava bem velhinha.
Toinho ainda choramingando respondeu pro padre.
– Que isso sô padre, apesar de veia, a roda de traz estava muito boa, ela guentava muito pau ainda…snif…snif…

PIADAS ENGRAÇADAS DE CAIPIRAScaipiras100

Bastião é dono junto com seu sócio de uma fazenda numa cidade do interior de Minas, quando de repente seu sócio adoeceu e veio a falecer, Arzira sua esposa entra em casa e pergunta para Bastião.
– É verdade Bastião que seu socio morreu?
– É sim muié ele adueceu e num guentô, partiu dessa pra mió.
– Intão, cê pudia colocá minha mãe no lugar dele uai?
– É só ocê falá com o coveiro, pra mim, tá tudo bem sô.

MAIS UMA DE ARZIRA, KKKKKKKKK

– Arzira grita, paiê ô paiê…
– O qui foi minha fia?
– De onde a gente veio?
– Minha fia, nóis nasceu de Adão e Eva uai…
– Mas a mamãe me disse que nóis viemos é do macaco…
– Uma coisa minha fia, é a famia de sua mãe, otra coisa, é a minha famia sô!

O caipira em Brasilia!caipira

Bastião viajou até Brasilia afim de conhecer a capital federal, como ele morava próximo
foi de bicicleta, visitou vários monumentos encerrando a visita ao congresso nacional, estacionou a bicicleta mas o policial legislativo o abordou.
– Boa tarde senhor, não pode estacionar sua bicicleta neste local.
– Pruque num posso seu guarda?
– Por aqui passa o presidente, ministros, deputados, senadores, governadores, prefeitos entre outras autoridades.
– Ocê pode ficá tranquilo seu guarda, não precisa preocupá, eu vô colocá um cadeado nela…

DIPROMApatrão

Tunico é um fazendeiro de Antônio Dias interior de Minas, está proseando com um velho amigo na sala de sua fazenda, quando de repente, seu neto passa correndo entre eles, fazendo a maior algazarra  e seu avô o chama:

– Diproma, vai lá na cuzinha, fala pra sua vó trazê um cafezim pra visita… E o amigo estranha e fala pra Tunico:

– Mas que nome esquisito tem seu neto, porque chama ele assim?
– Chamo ele assim pruque mandei minha fia estudá em Belzonte, ai ela vortô com ele…..

1238277_238741426280018_997793090_n

Bastião chegou no guichê da empresa de ônibus na rodoviária e pediu para a atendente:
– Ô moça, me vende uma passagem pra Jandira, ida e vorta…
– Meu Sr, aqui não vendemos passagem para Jandira… Bastião virou-se para sua esposa e disse:
– Vamu imbora Jandira, a moça num qué vendê passagem
procê não uai…

O CAIPIRA NA ESCOLA

Tonho finalmente entra para a escola, fica animado com o aprendizado e resolve esnobar seu compadretonhonaescola2 Zeca…

– Então cumpadi Zeca, cê sabe quem foi Santos Dumont?
– Não, num sei não…
– Ih cumpadi é isso que dá ficá sem estudá…
E o Tiradentes, cê sabe quem foi?
– Também num sei não…
– Ih cumpadi é isso que dá ficá sem estudá…
Compadre Zeca fica irritado e diz pra Tonho,
cumpadi quero fazê uma pregunta procê…
– Cê sabe quem é Pedro Ernesto?
– Não, num sei não, quem é esse cabra?
– É o cabra que tá indo na sua casa enquanto cê vai estudá…

ACIDENTE DE TRANSITO

O gringo bate no carro de Tonho lá pros lados de Santa Bárbara – MG, desce do carro e diz calmamente pra Tonho:
– Hello…
– Relô qui nada sô, massô foi tudo!

acidentedetransito2

PROBLEMAURINARIO

 

 

 

 

João estava cansado de ouvir as queixas de sua esposa Joana, sempre reclamando de dores na bexiga, e resolve leva-la ao medico.
-A senhora urina com abundancia? Pergunta o doutor enquanto fazia os exames.
Joana que não sabia o significado daquela palavra, ficou calada.

-A senhora urina com abundancia? Repete o medico em tom mais alto.
E Joana continuou calada.
Nisso, João que estava ouvindo tudo pergunta:
– O que o dotô quer saber?
-Eu quero saber se a sua esposa mija com abundancia!
-Nao sô dotô, ela mija é com a bucetancia mesmo…

BRONCA NO CASEIRO

O fazendeiro chama seu caseiro e diz pra ele:
– Sr Joaquim, não deixe a sua cadela entrar
dentro da minha casa novamente, ela esta
cheia de pulgas! Na mesma hora Joaquim chama suabronca

 

 

cadelinha:
– Teodora, num entra mais na casa do patrão ele
falô que lá tá cheio de pulgas…

PESCADOR CAIPIRA TAMBÉM É MENTIROSO!!

CAISPIRANA PESCARIA

 

 

 

Zé Estevão, Nem e Gerardo, são três caipiras de Santa Bárbara, interior de Minas, foram pescar la pros lados da barragem de Peti.
Sabe como é que é né, quase todo pescador gosta de tomar umas e outras na pescaria. Zé estevão iscou o anzol e arremessou na agua, como ele estava meio mamado, dormiu sentado.
Nisso Nem e Gerardo avistaram um tatu, correram atras dele e o pegaram, combinaram de fazer uma sacanagem com o compadre Zé Estevão, ou seja, tiraram o anzol dele da agua, iscaram o tatu no anzol e jogaram de novo no rio. Zé acordou com aquele puxão forte na linha e começou a tirar o bicho da água e comentou com seus compadres:
– Tá vendo, depois falam que pescador é mentiroso, ocês tão de prova,
esse é o terceiro tatu que tiro da água hoje….

QUATRO CAIPIRAS NO MANICÔMIO

Quatro caipiras com mania de grandeza, internados em um manicômio para tratamento psiquiátrico estavam na maior prosa. Um paulista, um goiano, um gaúcho e um mineiro, como caipiras se entendem mesmo sendo de outros estados e com essa mania de grandeza, começaram a delirar…

– O paulista: Tenho muitas posse, vô compra a Disney!

– O goiano: Sô muito rico, vô compra a Mercedes Bens!

– O gaúcho: Bah guri, tenho muito dinheiro, vô compra a Microsoft!

E os três ao mesmo tempo perguntaramcaipiras11111012369_224083861079108_90044402_n

 

 

 

– E ocê mineiro?

– O mineiro: Tira o chapéu, coça a cabeça, engole a saliva e diz: Num vendo!

 

A enchente
O caipira morre de maneira trágica e vai para o ceu, chegando lá, Deus começa a interroga-lo:
– De que você morreu filho?
– foi por causa duma enchente muito forte sô!
Nisso uma outra alma intervem:
– Que enchente que nada, deve ter sido uma garoinha!ENCHENTE
– Não meu sinhô, foi uma chuvarada braba mesmo, na cidade, nas roças ficô tudo alagado, morreu muitas pessoas e muitos animár!
– Que nada, você não sabe o que é uma chuva forte!
O caipira já estava ficando muito nervoso e Deus interveio:
– Cala a boca Noé, deixe o homem contar a história dele…

CENSO DO IBGE 

Durante o censo do IBGE, o pesquisador, chegaENTREVISTA1

na casa de Tonho que é um caipira do interior,
afim de entrevista-lo:
– Bom dia senhor, quantos filhos tem?
– Dia seu moço, oia são seis meninas e cinco
meninos…
– Cara, sua prole é bem grande, não é?
– Bão inté que ela num é muito grande não sô, mas tá sempre dura uai…

A ESPOSA DO CAIPIRAcaipiras100

Zeca, é um caipira de Antônio Dias interior de Minas, leva sua esposa ao médico ginecologista, examinando sua esposa, o doutor faz o seguinte diagnóstico:

– Meu senhor, sua esposa está precisando de alguns complementos como verdura, ferro e cálcio. E o Zeca:

– Seu dotô o sinhô tá enganado, vêr dura ela tá sempre veno…
– Ferro, ela leva castôdia…
– Carcio, eu gradeço o sinhô se pudé colocar nela pruque ela tá meio forgada…

NARIZ ENTUPIDO

Um casal de caipiras, estava passeando pelaroça, de repente, a mulher vê um cavalo transando com a égua e pergunta:

– Zeca, que eles tão fazeno?NARZENTUPIDO

– Tão acasalano muié, quando a égua tá no cio, o cavalo sente o cheiro, ai eles cruzam…

Mais adiante ela vê um boi e uma vaca…

– Zeca o que eles tão fazeno?

– Tão acasalano muié, quando a vaca tá no cio, o boi sente o cheiro, ai eles cruzam…

– Ô Zeca, posso preguntá uma coisa procê?

– Pregunta muié?

– Cê tá com o nariz entupido?…

 
 

O BURRO DO BASTIÃO!!

Tonho e bastiaõ, são caipiras vizinhos, Tonho estava com dificuldades para arar sua terra para plantar milho, resolveu pedir ajuda ao seu compadre Bastião.oburro580178_219742888179872_1342301919_n

 

– Tonho… Ô cumpadi me empresta seu burro para me ajudá a arar minha terra?

– Bastião… Agora num posso cumpadi meu burro tá no pasto… 

No mesmo instante o burro relincha lá na cocheira…

– Tonho… Que isso cumpadi, tô ouvindo seuburro relinchar lá na cocheira!

– Bastião… Responde ofendido, ocê credita mais na palavra dele do que na minha?…

amocinha

O padre e a mocinha!!

 Um padre acabava de tomar posse em uma nova paróquia no interior de Minas ( Santa Bárbara ), quando no primeiro dia em que foi conhecer a cidade, deparou com uma mocinha puxando uma vaca pelo laço e perguntou… 

– Filha, onde vai com esta vaca?

– Tô levano a mimosa pra cruzá com o touro do Tonho sô padre…

O padre ficou muito horrorizado, chocado com a cena que a mocinha iria presenciar e disse…

– Seu pai não poderia fazer isso?

– Meu pai num pode não sô padre, tem que cê o touro mesmo…

ELEVADOR

 

O ELEVADOR MÁGICO

Bastião é um caipira de Santa Bárbara MG, resolve passear com a família para conhecer a capital. Chegando ao hotel, parou estupefato em frente ao elevador, tentando entender para que servia uma porta com tanta luz piscando.

De repente, entra uma senhora bem velhinha no elevador, a porta se fecha e ela desaparece. Pouco depois a porta se abre novamente e Bastião dá de cara com uma garota lindíssima saindo do elevador, entusiasmado com o que vê, ele chama o filho:

– Zequinha, vai lá chamá sua mãe!!

 

O DOTÔ SE LASCÔ

 

Um cara da cidade contratou um caipira e sua canoa para pescar num rio. O cara que era muito estudado, querendo zoar o caipira, perguntou:

O senhor conhece filosofia, Zeca?

– Num conheço não seu dotô…

– Ih rapaz, então o senhor perdeu uma grande parte da sua vida, a filosofia nos faz ver a vida de maneira diferente…

– O senhor já leu os grandes classicos da literatura Brasileira?

– Num li não dotô…

– Ah, então o senhor perdeu mais uma grande parte da sua vida, literatura é uma coisa maravilhosa, tem os romances, os contos, as poesias etc. 

– Já foi ao teatro seu Zeca?

– Num fui não dotô…

– Virgem Maria, então o senhor perdeu praticamente metade  de sua vida, assistir as peças de teatro, é uma sublime sensação, inigualável, é a vida retratada no palco… 

– O senhor já… ai o caipira interrompeu…

– Ocê sabe nadá dotô?

– Não, porque?

– Então seu dotô, o senhor perdeu a vida inteira, pruque o barco tá afundano…

 


OS PRIMOS DA CIDADE E DA ROÇA.

Os primos da cidade, metidos a modernos, foram passar o réveillon PRIMOS

com os parentes lá da roça. Um dia depois, estava o primo da cidade querendo esnobar o primo caipira com seu presente que ganhou no natal e para se mostrar, falou:

-Primo, viu o que eu ganhei de presente? Um “Ipod” de última geração! 100 Gigas, MP4, exibe vídeos, tira fotos etc. 

O primo caipira retrucou:

-Muito bão primo, bão dimais da conta sô!!

O primo da cidade ficou espantado e perguntou:

-Como bom, primo… Você também ganhou um “Ipod” ?

-Ganhei esse trem ai também primo.

-É mesmo? Quem te deu?

-Foi sua irmã, a prima.

-E qual é a marca dele?

-Num sei não primo, nóis tava la na cachuêra nadano pelado, eu cheguei por trás dela e incostei, ela virô e falô pra eu: 

“Aí Pode” É bão dimais da conta primo, agora si tem marca, eu num sei não.

 

O CAIPIRA IMPOTENTE.

 caipira100

Zeca um caipira do interior de minas, vai ao médico, para fazer um tratamento, pois já não funcionava mais com as mulheres. Chegando lá o médico faz os exames de praxe e diz:

– Meu senhor, o seu problema é por causa  do estresse, mas tem solução, vou lhe receitar um comprimido para tomar por 50 dias seguidos, tá entendido?

– Mas dotô, só sei contar até 10, passô disso eu me inrolo todim…

– Não tem problema, do outro lado da rua, tem uma papelaria, o senhor passe por lá e compra um caderno de 50 folhas e a cada comprimido tomado retire uma folha, quando acabar o caderno, terá tomado os 50 comprimidos…

Zeca atravessa a rua e e pede para a balconista:

– Ô moça me dá um caderno de 50 foia…

– A balconista pergunta… É BROCHURA? 

– Ô dotô fio duma égua, já ispaiô meu problema….

 

caipira11

O caipira maluco e a carta.
O caipira foi internado no manicômio para tratamento psiquiatrico, de repente o diretor viu ele escrevendo uma carta e pensou, se ele está escrevendo é porque o tratamento está fazendo o efeito esperado e começou a fazer perguntas…

– Zeca, pra quem está escrevendo esta carta? 

– Ah seu dotô é pra mim mesmo, eu nunca recebo cartas de ninguém…

– E o que está escrito nela?

– Cumé que vô sabê se ainda não recebi…

Me dá mais fichas.


bastiao

Em Antônio dias interior de Minas, Bastião um capiau, vê uma destas máquinas de refrigerantes e fica maravilhado.Coloca uma ficha e cai uma lata de coca-cola, coloca mais cinco fichas e cai mais cinco latas, coloca dez fichas e cai mais dez latas, cinquenta fichas…cinquenta latas…De repente ele pede ao atendente:

– Ô moço, me vê mais cem fichas?

– Meu senhor, assim você acabará com todas as minhas fichas…

– Num adianta reclamá, inquanto eu tivé ganhano, num paro…  

 

MINEIRIM ESPERTO!

Dois casais, paulistas e mineiros se reuniram para jogar cartas e de repente, caiu uma carta debaixo da mesa e o mineirim abaixou pra pegar a carta e deu uma olhada na mulher do paulista que estava com as partes de baixo desnuda, o mineiro suando frio, levantou para tomar água, a mulher do paulista disfarçou e foi atras, chegando na cozinha, ela perguntou:

– E ai mineirim, o que você achou?

– Ah, eu achei bão dimais uai!

– Por 500 reais a gente pode conversar…

– É muito dinheiro, mas pelo que eu ví, vale a pena uai, é só dizer quando!

– Pode ser amanhã a tarde, meu marido não estará em casa, ai você vem…

– Tá certo!

No outro dia, na hora marcada estava lá o mineiro, paga os 500 reais e transa com a mulher do paulista. À noite o paulista chega em casa de volta do trabalho e pergunta para a mulher:

– O mineirim esteve aqui a tarde hoje, né?

– Sim… Respondeu a mulher assustada…

– Deixou os 500 reais?

– Deixou sim… Respondeu a mulher completamente apavorada…

– Graças a Deus! Aquele mineirim passou no meu escritório de manhã, me pediu 500 reais emprestado e falou que passaria aqui a tarde sem falta para me pagar!

MINEIROESPERTO

 SE GOSTOU, DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO!!

CAIPIRA DESCONFIADO.CAIPIRADESCONFIADO

Zeca estava desconfiado que sua mulher o traia e resolveu chegar da lida mais cedo, quando chega em casa, viu o vagabundo pular a janela e desaparecer no matagal, Zeca pega a espingarda e resolve ir até a cidade para tentar descobrir quem era o amante de sua mulher. Já na cidade, perguntou para um homem…

– De onde cê tá vindo?

– Eu estou vindo da casa de minha namorada!

Encontrou com outro homem e perguntou…

– Cê tá vindo de onde?

– Estou vindo da casa de um amigo!

Nisso ele encontra com um padre…

– Sô padre cê tá vindo de onde?

– Estou vindo da casa do SENHOR!

Não precisa nem falar o que aconteceu, né?

 SE GOSTOU, DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO!!

Festa na cidade.

Tonho resolveu ir a uma festa que seu primo da cidade estava promovendo, pegou seu jipe e pé na estrada. Chegando lá, como não entendia nada de transito, acostumado a dirigir só na roça, entrou na contra mão, o guarda o parou e em tom bastante enérgico, muito bravo pela cagada que ele fez e já perdendo a paciência, gritou…

– O senhor está indo pra onde?

– Carma sô guarda, eu tô indo pra festa do primo mas…parece que a festa já acabô!

– Porque? Pergunta o guarda…

– Ora sô guarda, cê num tá veno qui tá todo mundo vortano!jipe

Se gostou, deixe seu comentário abaixo. 

caipira

 

 

 

 

 

 

 

 

Smartphone.

Zeca ganhou um Smartphone de presente de seu primo da cidade e Tonho, seu compadre ao ver aquilo, perguntou…
– Que negocim é isso cumpadi?
– Isso é um ismartefone!
O que cê vai fazê com esse trem cumpadi?
– Eu vô ficá com o fone e o ismarte vô dá pra minha muié passá nas unha!

OS CAIPIRAS NO HOSPÍCIO

Dois amigos caipiras estavam internados em um hospício numa cidade do interior de Minas para tratamento psiquiátrico, de repente um deles pula na piscina para cometer suicídio e o outro observando a cena, pulou imediatamente e salvou o amigo que estava se afogando. No outro dia o diretor do hospício foi conversar com o caipira herói…

– Muito bem rapaz, devido a seu ato de heroísmo e de bravura, reavaliamos seu caso e decidimos te dar alta, mas 

burro

temos uma má noticia para lhe dar…

– Quar é a má nuticia dotô?

– Aquele seu amigo estava mesmo querendo se matar, encontramos ele hoje cedo pendurado, enforcado…

– Eu é qui pindurei ele pra secá…

O caipira e o supositório.

caipira

O caipira foi ao médico afim de curar de uma dor que já estava atormentando bastante.
– Dotô, que dor é essa?
– Não é nada grave, é apenas uma inflamação, vou te receitar um supositório, você coloca e fica tudo bem…
– Brigado dotô…
Chegando em casa sua mulher pergunta:
– E ai Tunico, cumé qui foi lá no médico homi?
– Eu priciso usá isso muié, chama suispositori…
– Mais cumé qui se usa isso homi?
– sei lá muié…
– Intão vorta lá homi, cê tá pagano, ele tem qui ixplicá…
– Dotô, onde é qui o sinhô mandô eu colocá esse trem mermo?
– De que trem o senhor está falando?
– É o suispositori…
– Ah bom, supositório, é para colocar no reto…
– Brigado dotô…
– E ai Tunico cumé qui foi lá? Pergunta sua mulher…
– Eu priciso colocá esse trem no reto…
– Mais aonde fica esse negócio Tunico?
– Uai muié, eu sei lá…
– Mas ocê tá pagano, vorta lá, ele tem que te ixplicá tudinho…
– Mas o homi vai ficar brabo muié…
– Vai logo sô, cê tá pagano…
– Dotô, onde é mermo qui eu tenho qui colocá o troço?
– Já disse que é no reto, no final da coluna cervical…
– Brigado dotô…
– Ô muié, é só eu colocá no reto no finar da culuna cervicar…
– Ih tunico, mas o que é esse tar de cervicar?
– isso também eu num sei muié…
– Intão vorta lá homi, cê tá pagano…
– Dotô, me discurpa mas onde é que o sinhô falô pra eu colocá o nigucim?
– Enfia no c….
– Oia muié eu num falei qui o homi ia ficá brabo, mandô eu infiá o trem no c….

 

 

O DESAFIO ESCOLARcriançacaipira

O professor resolveu fazer uma brincadeira com seus alunos e lançou um desafio.– Aquele que se achar burro, fique de pé…Ninguém levanta e ficam todos em silencio…
Depois de alguns minutos, Toinho, um menino caipira levanta…
– Então Toinho, você se acha burro? – Pergunta o professor…
– Bão, pra falá a verdade, num acho não, fiquei é com pena de vê o sinhô ai de pé sozinho…

ERRO MÉDICO

Bastião, um caipira do interior de Minas, estava com um problema na perna e foi internado para tratamento, ao acordar depois de quatro dias em estado de coma e sem nenhuma ideia do que tinha acontecido, pergunta ao médico…
– Dotô, o que aconteceu? Num tô sentino minhas perna…patrão O médico meio encabulado diz: 

-Tenho duas noticias par você, uma boa e uma ruim, qual você quer saber primeiro?
– fala a ruim primeiro dotô…
– A ruim é que amputamos sua perna boa…
– É mesmo dotô? e a boa?
– A boa é que sua perna ruim está sarando…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mineiro em New York.

Um mineiro muito bom de cama, passando por New York, arruma uma americana e parte  caipira100para os finalmente.
Durante a relação, a americana fica louca e começa a gritar:
– “Once more, once more, once more”.
E o mineiro responde todo aflito:
– Belzonte, Belzonte, Belzonte, uai.

CAIPIRAS SE ALISTANDO NO EXÉRCITO.

Tonho e o Zeca foram se alistar no exército.
– O que você veio fazer aqui? Perguntou o Coronel!
– Uai, vim fazê o quarté seu coroné!
– Fazer o quartel não, o quartel já está pronto, você veio é servir a pátria, entendeu? Gritou o coronel!caipira11

– Entendi, sim senhor coroné!
O coronel continuou:
– O que é aquilo? Perguntou apontando para a bandeira do Brasil!
– Oia, isso ai é uma bandeirinha sô!
– Bandeirinha não, isso ai a partir de hoje, é a sua mãe, tá entendido? E Sai da minha frente!
Todo sem graça, Tonho saiu e foi a vez de Zeca:
– E você, o que veio fazer aqui?
– Eu vim serví a pátria seu coroné!
– Muito bem! O que é aquilo? Perguntou o coronel apontando para a bandeira!
– Uai sô, aquela lá, é a tia Josefa, a mãe do Tonho.

O caipira registrando o filho.

O caipira do interior, vai ao cartório para registrar seu novo filho e o tabelião diz:
– Qual vai ser o nome do menino?
– Vai ser Dois Aberto.
– Ora meu senhor com esse nome não tem condições de fazer o registro.
O caipira fica muito bravo e diz:
– Como não pode, meu primeiro fio chama “Zeroberto”, o segundo fio “Umberto”, então é craro que terceiro tem que chamar “Dois Aberto”.

patrão

O menino caipira e o viajante.criançacaipira

Estava o viajante lá no norte de Minas, depois de vários dias viajando, debaixo de um sol escaldante, morrendo de sede e perdido por aquelas bandas, quando deparou com um menino caipira na porta de uma casinha de sapé.
– Olá garoto, poderia arranjar algo para eu beber? Pediu o viajante…
– Posso arrumá sim, sinhô…
O menino entra pra dentro de casa e volta com uma cuia imunda e entrega ao viajante.
O viajante olha com nojo para aquela cuia, mas como estava com muita sede, fecha
os olhos e bebe tudo de uma só vez.
– Ô moço, ocê num gostô não? Pergunta o menino…
– Gostei não, estava com um gosto horrível, amargando bastante, será porque?
– É pruque tinha um rato morto dentro da cuia seu moço…
– Ô moleque sacana, esbravejou o viajante muito furioso, se eu te pego, quebro esta cuia na sua cabeça…
– Faz isso não sô, essa cuia é de minha mãe fazê as necessidade dela…

 

 

 

O terremotocaipira11

O Governo Brasileiro detectou através do controle de abalos sísmico nacional
que haveria um grande terremoto numa pequena cidade de Minas nos próximos dias
e enviou um telegrama para a delegacia de policia local.

O telegrama:
** Urgente – Grande movimento sismico na zona – É muito perigoso –
Sete na escala Richter – Epicentro a 5km da cidade – Tomem medidas – Informem
os resultados **

Alguns dias depois, o controle de abalos sísmico recebeu um telegrama do delegado, um sujeito caipira muito simples.

O telegrama:
** Aqui é o delegado – Esse tar de movimento sísmico foi totarmente disarticulado – O Richter tentô fují mas nóis abatemos ele a tiros – Fechamos a zona, as muié da vida tá tudo presa – Epicentro, Epifânio, Epitácio e seus irmãos tá tudo preso também **.
Num respondemo antes porque teve um terremoto dos diabo aqui.

O fiscal e o fazendeiro.patrão

O ibama recebe uma denúncia e manda um fiscal na propriedade de um fazendeiro do interior de Minas para averiguação, o fazendeiro embora analfabeto, também era um destes antigos coronéis que mandava e desmandava na região. O fiscal chegando ao local sem se identificar, trava um dialogo com o
dito cujo.
– Bom dia sr, tem caçado muito por aqui?
– Tenho sim seu moço, dias desse, eu matei dez capivara.
– O fiscal atordoado pergunta… O senhor matou dez capivaras?
– Matei sim sinhô, o fazendeiro chama seu filho…
– Bastião… Ô Bastião, traz pra mim as cabeça das capivaras pra mostrá pro moço…
– E tem caçado outros animais? Perguntou o fiscal
– Esta semana só foi cinco pacas, Bastião vai lá e traz as cabeça das paca…
O fiscal estarrecido com o que estava acontecendo perguntou ao fazendeiro…
– Não tem aparecido nenhum fiscal do ibama por aqui?
– Bastião, vai lá e traz a cabeça do fiscal pra mostrá pro moço…
– Não há necessidade de trazer, até mais ver…
– Não há de que seu moço, vorte sempre…

O CAIPIRA CAÇADOR.caipira11

O fazendeiro estava pagando uma boa grana pra quem conseguisse pegar uma onça que estava comendo os bezerros de sua fazenda.
De repente, aparece seu compadre e foi se oferecendo pra fazer o serviço e la se foi pro matagal adentro atras da dita cuja.
Depois de um certo tempo, ele avistou a onça que começou a correr atras dele e foram correndo ele na frente, a onça atras, quando estava quase chegando na fazenda, a onça deu um bote pra cima dele e por sorte, ele escorregou e caiu no chão, a onça voou por cima dele caindo no terreiro
da fazenda bem na frente do fazendeiro.
Nisso o caçador gritou:
– Sigura essa ai cumpade, qui vô buscar outra…

A ÁRVORE DA FORTUNA.patrão

Um certo dia Tonho estava passeando pela mata, quando uma árvore lhe perguntou:
– Você quer ficar rico?
Tonho muito assustado sem responder a árvore, volta pra casa correndo e fala para Maria, sua mulher:
– Ô muié, eu tava andano pela mata e uma arvre me perguntô se eu queria ficar rico!
Maria perguntou:
– mais o que ocê falô pra arvre homi?
Tonho respondeu:
– Falei nada não muié, fiquei com medo da arvre e vim imbora correno pra casa.
Maria com muita raiva diz para Tonho voltar na mata rapidamente e dar a resposta para a árvore.
Tonho, cagando de medo voltou na mata e a arvore lhe perguntou novamente:
– Você quer ficar rico?
Tonho tomou coragem e falou:
– Quero sim sô!
A árvore respondeu:
– Vai trabalhar vagabundo…

O caipira e o farmacêutico.MINEIROESPERTO

Um rapaz caipira menor de idade, chega na farmácia e pede ao atendente:
– Ô seu moço, eu quero uma camisinha.
O farmacêutico olha para o rapaz com um olhar surpreso:
– É que eu vô jantá na casa da minha namorada hoje né seu moço e de repente, pode rolá um clima, ocê sabe cumé que é né?
O farmacêutico entrega o preservativo para o rapaz.
Algum tempo depois o rapaz caipira volta e pede outra camisinha.
– Lembrei que a minha namorada tem uma irmã que é muito gostosa, quem sabe ela também não se interessa por mim né?
Cinco minutos depois, estava novamente o caipira na farmácia.
-Sabe seu moço, eu tive pensano e resorvi comprar mais uma camisinha,
ouvi dizê que a mãe das minina gosta muito de rapaz jovem, ocê sabe né,
um homi privinido vale por dois.
À noite, na hora do jantar, a família da namorada reunida à mesa, o caipira permanece o tempo inteiro no mais absoluto silêncio, de repente a menina vira para o rapaz e cochicha:
– Puxa querido, você ainda não disse uma só palavra, não sabia que
era tão tímido!
– É que eu também num sabia que seu pai era farmacêutico!

NOIS É ANJU.

Dois caipiras resolveram assaltar a igreja à noite, o padre percebendo um barulho, acendeu as luzes e perguntou:
– Quem está ai?
Os caipiras permanecem calados.
Então o padre quase gritando, perguntou novamente:
– Responda, quem está ai?
Um dos caipiras respondeu baixinho:
– Nois é anju sô padre!
O padre muito desconfiado diz:
– Se vocês são anjos, é só voar pra eu ver.
O outro caipira sem saber o que dizer, responde!

– Nois é fiote ainda.

fiote

O CAIPIRA E O PEIDOcaipira

O caipira viajou até a capital para fazer um tratamento de saúde problema no intestino.
No hospital, pegou o elevador junto com um casal de meia idade, afim de chegar ao consultório médico que fica no décimo andar. De repente, o caipira soltou um peido daqueles bem fedorento.
O marido questiona o caipira:
– Como se atreve a peidar na frente da minha esposa?
– Discurpa meu sinhô, eu num sabia que era a vez dela…

De quem é o pato.caipira1,5
Tonho, um fazendeiro muito esperto do interior de Minas Gerais e um cara da capital, resolveram entrar na mata para caçar, de repente os dois dão um tiro ao mesmo tempo e começa uma discussão para saber quem tinha matado o pato, como ninguém queria ceder, Tonho
falou para o cara da capital.
– Vamo resorvê esse trem a moda antiga!
– Como?
– Cada um dá um pontapé na viria do ôtro, quem gritá menos, fica com o pato, certo?
– Certo!
– Eu cumeço intão, tá bão?
– Ok, pode começar!
Então Tonho se prepara e dá um pontapé com toda a força nas partes íntimas do outro, que cai no chão e fica ali por trinta minutos, quando consegue se levantar, diz, ainda meio atordoado:
– Agora é minha vez, certo?
– Ah seu moço, isquenta a cabeça não, pode ficá com o pato procê…..

fiote

O menino caipira e o viajante.

Estava o viajante lá no norte de Minas, depois de vários dias viajando, debaixo de um sol escaldante, morrendo de sede e perdido por aquelas bandas, quando deparou com um menino caipira na porta de uma casinha de sapé.
– Olá garoto, poderia arranjar algo para eu beber? Pediu o viajante…
– Posso arrumá sim, sinhô…
O menino entra pra dentro de casa e volta com uma cuia imunda e entrega ao viajante.
O viajante olha com nojo para aquela cuia, mas como estava com muita sede, fecha os olhos e bebe tudo de uma só vez.
– Ô moço, ocê num gostô não? Pergunta o menino…
– Gostei não, estava com um gosto horrível e amargando bastante, será porque?
– É pruque tinha um rato morto dentro da cuia seu moço…
– Ô moleque sacana, esbravejou o viajante muito furioso, se eu te pego, quebro esta cuia na sua cabeça…
– Faz isso não seu moço, essa cuia é de minha mãe fazê as necessidade dela sô…

O GAÚCHO E O MINEIRO.

O mineiro em visita ao Rio Grande do sul, entra em uma lanchonete e pede ao atendente um copo de leite.
– Oh tchê, aqui no Rio Grande não gostamos de homem que bebe leite!
– Uai, la em Minas, num gostamos de homem é de jeito
nenhum sô!

O Canário aleijado.

Um compadre foi na casa do outro afim de comprar um canário bom de canto.
– E ai cumpadi tô quereno um canarim, mas tem que sê muito bão de canto…
– No momento num tenho não cumpadi, mas assim que tiver
mandarei procê na sua casa…
Passado alguns dias, o compadre recebe o canário em sua casa, mas não gostou e devolveu o bichinho.
– Pruque cê tá me devorvendo o canarim cumpadi?
– É pruque ele só tem uma perna uai!
– Mas ocê tá quereno um canário pra cantar ou pra jogar futebor…

Festa na cidade.

Tonho resolveu ir a uma festa que seu primo da cidade estava promovendo, pegou seu jipe e pé na estrada.
Chegando lá, como não entendia nada de transito, acostumado a dirigir só na roça, entrou na contra mão, o guarda o parou e
em tom bastante enérgico, muito bravo pela cagada que ele fez e já perdendo a paciência, gritou…
– O senhor está indo pra onde?
– Carma sô guarda, eu tô indo pra festa do primo mas…parece que a festa já acabô!
– Porque? Pergunta o guarda…
– Ora sô guarda, cê num tá veno qui tá todo mundo vortano!

MINEIRIM ESPERTO!

Dois casais, paulistas e mineiros se reuniram para jogar cartas e de repente,
caiu uma carta debaixo da mesa e o mineirim abaixou pra pegar a carta e deu
uma olhada na mulher do paulista que estava sem as partes de baixo.
O mineiro suando frio, levantou para tomar água, a mulher do paulista disfarçou
e foi atras, chegando na cozinha, ela perguntou:
– E ai mineiro, o que você achou?
– Ah, eu achei bão dimais!
– Por 500 reais a gente pode conversar…
– É muito dinheiro, mas pelo que eu ví, vale a pena uai, é só dizer quando!
– Pode ser amanhã a tarde, meu marido não estará em casa, ai você vem…
– Tá certo!
No outro dia, na hora marcada estava lá o mineiro, paga os 500 reais e transa com a mulher do paulista.
À noite o paulista chega em casa de volta do trabalho e pergunta para a mulher:
– O mineiro esteve aqui a tarde hoje, né?
– Sim… Respondeu a mulher assustada…
– Deixou os 500 reais?
– Deixou sim… Respondeu a mulher completamente apavorada…
– Graças a Deus! Aquele mineirim passou no meu escritório de manhã, me pediu 500 reais emprestado e falou que passaria aqui
a tarde sem falta para me pagar!

ERRO MÉDICO

Bastião, um caipira do interior de Minas, estava com um problema na perna e foi internado para tratamento, ao acordar depois de quatro dias em estado de coma e sem nenhuma ideia do que tinha acontecido, pergunta ao médico…
– Dotô, o que aconteceu? Num tô sentino minhas perna?…
O médico meio encabulado diz:
– Tenho duas noticias para você, uma boa e uma ruim, qual você quer saber primeiro?
– fala a ruim primeiro dotô…
– A ruim é que amputamos sua perna boa…
– É mesmo dotô? e a boa?
– A boa é que sua perna ruim está sarando…

Causos de pescadores.

Dois compadres caipiras, estavam pescando lá no rio Piracicaba em Antônio Dias interior de Minas, quando de repente um fala pro outro:
– Sabe cumpadi, onti nesse mesmo lugar eu pesquei um lambari de um metro….
O outro respondeu:
– Ih cumpadi, num é que semana passada nesse mesmo local eu pesquei um lampião aceso….
O primeiro então disse pro outro:
– que isso cumpadi, é impossível pescar um lampiaõ aceso….
O outro então responde:
– Intão ocê diminui o tamanho de seu lambari que eu apago meu lampião….

O caipira maluco e a carta.

O caipira foi internado no manicômio para tratamento psiquiátrico, de repente o diretor viu ele escrevendo uma carta e pensou, se ele está escrevendo é porque o
tratamento está fazendo o efeito esperado e começou a fazer perguntas…
– Zeca, pra quem está escrevendo esta carta?
– Ah seu dotô é pra mim mesmo, eu nunca recebo cartas de ninguém…
– E o que está escrito nela?
– Cumé que vô sabê se ainda não recebi…

Aceito um golinho.

Tonho foi até a cidade para fazer uma consulta médica rotineira e o médico faz aquelas perguntas de praxe…
– Qual seu nome?
– Tonho
– Sua idade?
– 42 anos
– O sr bebe?
– Aceito um golinho pra te acompanhá…

QUE ISSO CUMPADE!!

Zeca chega em casa de volta da lida, abre o armário e surpresa! O que ocê tá fazeno ai cumpade?
– Carma cumpade, a cumade me chamô para acabá com as traças do seu armário…
– Acabá com as traças? Mas ocê tá pelado…
– Ih cumpade as fia duma égua cumero minhas rôpa…

COMO ENGRAVIDAR!!

Auzira, é uma caipira do interior de Minas, vai ao ginecologista e diz que não consegue engravidar.
Ao examina-la o médico diz:
– D Auzira, faz o favor de tirar a roupa e deitar naquela maca…
Auzira fica toda sem jeito e fala:
– Mas seu dotô, eu quiria ter um filho do meu Bastião…

PECADO CAPITAL.

O sujeito da cidade, depois de trabalhar duro na obra, tira uma folga e vai passear na fazenda, chegando lá dá de cara com um caipira tirando uma soneca na rede, o sujeito não resiste e diz:
– Você sabia que a preguiça é um pecado capital?
– A inveja também é uai!!

PLANO DE SAÚDE.

Tonho levou sua mulher ao médico para uma consulta de rotina, o médico examinando perguntou:
– A senhora tem orgasmo?
– Cumé que é dotô, que negócio é esse?
– Orgasmo minha senhora, tem?
– Um momento seu dotô vou preguntar a Tonho…
Nisso ela abre a porta do consultório e grita:
Tonho, o dotô tá preguntano se eu tenho orgasmo…
– Ô muié burra, fala com o dotô que cê tem é UNIMED…

A Traição.

Zeca estava desconfiado que sua mulher o traia e resolveu chegar da lida mais cedo, quando chega em casa, viu o vagabundo pular a janela e desaparecer no matagal, Zeca pega a espingarda e resolve ir até
a cidade para tentar descobrir quem era o amante de sua mulher. Já na cidade, perguntou para um homem…
– De onde cê tá vindo?
– Eu estou vindo da casa de minha namorada!
Encontrou com outro homem e perguntou…
– Cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa de um amigo!
Nisso ele encontra com um padre…
– Sô padre cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa do SENHOR!
Não precisa nem falar o que aconteceu, né?

fiote

O menino caipira e o viajante.

Estava o viajante lá no norte de Minas, depois de vários dias viajando, debaixo de um sol escaldante, morrendo de sede e perdido por aquelas bandas, quando deparou com um menino caipira na porta de uma casinha de sapé.
– Olá garoto, poderia arranjar algo para eu beber? Pediu o viajante…
– Posso arrumá sim, sinhô…
O menino entra pra dentro de casa e volta com uma cuia imunda e entrega ao viajante.
O viajante olha com nojo para aquela cuia, mas como estava com muita sede, fecha os olhos e bebe tudo de uma só vez.
– Ô moço, ocê num gostô não? Pergunta o menino…
– Gostei não, estava com um gosto horrível e amargando bastante, será porque?
– É pruque tinha um rato morto dentro da cuia seu moço…
– Ô moleque sacana, esbravejou o viajante muito furioso, se eu te pego, quebro esta cuia na sua cabeça…
– Faz isso não seu moço, essa cuia é de minha mãe fazê as necessidade dela sô…

PIADA O GAÚCHO E O MINEIRO.

O mineiro em visita ao Rio Grande do sul, entra em uma lanchonete e pede ao atendente um copo de leite.
– Oh tchê, aqui no Rio Grande não gostamos de homem que bebe leite!
– Uai, la em Minas, num gostamos de homem é de jeito nenhum sô!

O Canário aleijado.

Um compadre foi na casa do outro afim de comprarum canário bom de canto.
– E ai cumpadi tô quereno um canarim, mas tem
que sê muito bão de canto…
– No momento num tenho não cumpadi, mas assim que tiver mandarei procê na sua casa…
Passado alguns dias, o compadre recebe o canário em sua casa, mas não gostou e devolveu o bichinho.
– Pruque cê tá me devorvendo o canarim cumpadi?
– É pruque ele só tem uma perna uai!
– Mas ocê tá quereno um canário pra cantar ou prajogar futebor…

Festa na cidade.

Tonho resolveu ir a uma festa que seu primo da cidade estava promovendo, pegou seu jipe e pé na estrada.
Chegando lá, como não entendia nada de transito, acostumado a dirigir só na roça, entrou na contra mão, o guarda o parou e
em tom bastante enérgico, muito bravo pela cagada que ele fez e já perdendo a paciência, gritou…
– O senhor está indo pra onde?
– Carma sô guarda, eu tô indo pra festa do primo mas…parece que a festa já acabô!
– Porque? Pergunta o guarda…
– Ora sô guarda, cê num tá veno qui tá todo mundo vortano!

MINEIRIM ESPERTO!

Dois casais, paulistas e mineiros se reuniram para jogar cartas e de repente, caiu uma carta debaixo da mesa e o mineirim abaixou pra pegar a carta e deu uma olhada na mulher do paulista que estava sem as partes de baixo.
O mineiro suando frio, levantou para tomar água, a mulher do paulista disfarçou e foi atras, chegando na cozinha, ela perguntou:
– E ai mineiro, o que você achou?
– Ah, eu achei bão dimais!
– Por 500 reais a gente pode conversar…
– É muito dinheiro, mas pelo que eu ví, vale a pena uai, é só dizer quando!
– Pode ser amanhã a tarde, meu marido não estará em casa, ai você vem…
– Tá certo!
No outro dia, na hora marcada estava lá o mineiro, paga os 500 reais e transa com a mulher do paulista.
À noite o paulista chega em casa de volta do trabalho e pergunta para a mulher:
– O mineiro esteve aqui a tarde hoje, né?
– Sim… Respondeu a mulher assustada…
– Deixou os 500 reais?
– Deixou sim… Respondeu a mulher completamente apavorada…
– Graças a Deus! Aquele mineirim passou no meu escritório de manhã, me pediu 500 reais emprestado e falou que passaria aqui
a tarde sem falta para me pagar!

ERRO MÉDICO.

Bastião, um caipira do interior de Minas, estava
com um problema na perna e foi internado para
tratamento, ao acordar depois de quatro dias em estado de coma e sem nenhuma idéia do que tinha acontecido, pergunta ao médico…
– Dotô, o que aconteceu? Num tô sentino minhas perna…
O médico meio encabulado diz:
– Tenho duas noticias para você, uma boa e uma ruim, qual você quer saber primeiro?
– fala a ruim primeiro dotô…
– A ruim é que amputamos sua perna boa…
– É mesmo dotô? e a boa?
– A boa é que sua perna ruim está sarando…

Causos de pescadores.

Dois compadres caipiras, estavam pescando lá no rio Piracicaba em Antônio Dias interior de Minas, quando de repente um fala pro
outro:
– Sabe cumpadi, onti nesse mesmo lugar eu pesquei um lambari
de um metro….
O outro respondeu:
– Ih cumpadi, num é que semana passada nesse mesmo local eu
pesquei um lampião aceso….
O primeiro então disse pro outro:
– que isso cumpadi, é impossível pescar um lampiaõ aceso….
O outro então responde:
– Intão ocê diminui o tamanho de seu lambari que eu apago meu lampião….

O caipira maluco e a carta.

O caipira foi internado no manicômio para tratamento psiquiátrico, de repente o diretor viu ele escrevendo uma carta e pensou, se ele está escrevendo é porque o tratamento está fazendo o efeito esperado e começou
a fazer perguntas…
– Zeca, pra quem está escrevendo esta carta?
– Ah seu dotô é pra mim mesmo, eu nunca recebo cartas de ninguém…
– E o que está escrito nela?
– Cumé que vô sabê se ainda não recebi…

Aceito um golinho.

Tonho foi até a cidade para fazer uma consulta médica rotineira e o médico faz aquelas perguntas de praxe…
– Qual seu nome?
– Tonho
– Sua idade?
– 42 anos
– O sr bebe?
– Aceito um golinho pra te acompanhá…

QUE ISSO CUMPADE!!

Zeca chega em casa de volta da lida, abre o armário e surpresa! O que ocê tá fazeno ai cumpade?
– Carma cumpade, a cumade me chamô para acabá com as traças do seu armário…
– Acabá com as traças? Mas ocê tá pelado…
– Ih cumpade as fia duma égua cumero minhas rôpa…

COMO ENGRAVIDAR!!

Auzira, é uma caipira do interior de Minas, vai ao ginecologista e diz que não consegue engravidar.
Ao examina-la o médico diz:
– D Auzira, faz o favor de tirar a roupa e deitar naquela maca…
Auzira fica toda sem jeito e fala:
– Mas seu dotô, eu quiria ter um filho do meu Bastião…

PECADO CAPITAL.

O sujeito da cidade, depois de trabalhar duro na obra, tira uma folga e vai passear na fazenda, chegando lá dá de cara com um caipira tirando uma soneca na rede, o sujeito
não resiste e diz:
– Você sabia que a preguiça é um pecado capital?
– A inveja também é uai!!

ORGASMO – PLANO DE SAUDE.

Tonho levou sua mulher ao médico para uma consulta de rotina, o médico examinando perguntou:
– A senhora tem orgasmo?
– Cumé que é dotô, que negócio é esse?
– Orgasmo minha senhora, tem?
– Um momento seu dotô vou preguntar a Tonho…
Nisso ela abre a porta do consultório e grita:
Tonho, o dotô tá preguntano se eu tenho orgasmo…
– Ô muié burra, fala com o dotô que cê tem é UNIMED…

A Traição.

Zeca estava desconfiado que sua mulher o traia e resolveu chegar da lida mais cedo, quando chega em casa, viu o vagabundo pular a janela e desaparecer no matagal, Zeca pega a espingarda e resolve ir até a cidade para tentar descobrir quem era o amante de sua mulher. Já na cidade, perguntou para um homem…
– De onde cê tá vindo?
– Eu estou vindo da casa de minha namorada!
Encontrou com outro homem e perguntou…
– Cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa de um amigo!
Nisso ele encontra com um padre…
– Sô padre cê tá vindo de onde?
– Estou vindo da casa do SENHOR!
Não precisa nem falar o que aconteceu, né?

O Caipira e o Guarda.

O caipira do interior de Minas, viajou até Belo Horizonte afim de conhecer a cidade, mas como era a primeira vez que ele viajava para conhecer a capital mineira e com muita dificuldade para atravessar a rua, ele resolve pedir ajuda ao guarda de transito…caipira1,5
– Ô sô guarda, ocê num qué me ajudá a travessá essa rua?
O guarda já em final de expediente, bastante irritado pela jornada estafante
de trabalho disse ao caipira…
– Eu te ajudo a atravessar a rua por 10 reais!
– Pricisa não sô guarda, muito obrigado!
O caipira foi mais à frente para arranjar outra pessoa para ajuda-lo, encontrou
uma mulher rodando a bolsinha, ou seja, uma prostituta e foi logo dizendo para
a mulher…
– Ô moça, vamos?
– É 200 reais!
– Que isso moça, eu vô é com o guarda que é mais baratim!

Piadas de caipiras e causos aqui no canal de tv de vida na roça.

Aqui nesta postagem, mostraremos a tv fiotevida na roça com algumas piadas de caipiras e alguns causos de Rolando Boldrin e outros.

                  ASSISTA AO NOSSO CANAL DE TV 

O CAIPIRA E O PADRE.caipira1,5

O caipira, foi até a cidade para se confessar e chegando à igreja foi até o confessionário e começou a falar.
– Sô padre, me perdoa, eu pequei.
– Qual seu pecado meu filho?
– Eu tava com minha namorada sozinho, a casa sozinha, ocê sabe como é que é né sô padre, eu CREU! Depois eu e minha prima sozinho, a casa sozinha, aconteceu de novo sô padre.
E um pouco mais tarde sô padre minha vizinha entrou na minha casa, eu sozinho e minha vizinha sozinha e…aconteceu de novo.
Nisso o padre sai correndo e o caipira grita… Onde o sinhô vai sô padre?
– Vai se fuder seu caipira! Eu sozinho, você sozinho e a igreja vazia… Vai pegar o capeta…

O CAVALO ESPECIAL.bastiao

Zeca é um caipira do interior de Minas, comprou um cavalo muito especial que obedecia apenas pelo comando de voz.
Para ele avançar à frente, Zeca tinha que dizer a frase  GRAÇAS A DEUS e para o cavalo parar a frase era SÃO JUDAS TADEU “.
Então Zeca resolveu testar o cavalo falando repetidas vezesGRAÇAS A DEUSaté o cavalo atingir a velocidade
de 100 km/hora.
De repente, um precipício a 200 metros e Zeca não lembrava qual era o comando para fazer o cavalo parar e foi falando
SÃO LUCAS ” ” SÃO PEDROSÃO SEBASTIÃOaté que lembrou e falou imediatamenteSÃO JUDAS TADEUO cavalo parou na beirinha do abismo e Zeca disse todo aliviadoGRAÇAS A DEUS

O CAIPIRA E SUA ESPOSA TRAIDORA.caipira1,5

Tonho um caipira do interior, estava cansado de ouvir rumores de que sua esposa o traia, um belo dia, saiu de casa fingindo que ia pro trabalho e após sua esposa Josefa despedir e fechar a porta, Tonho resolveu subir num pé de manga que fica bem em frente a porta de entrada de sua residencia afim de dar um flagrante nos traidores.
De repente, o dito cujo chega e fica chupando mangas que caíram do pé, chupa um, duas, três etc e Tonho sacando tudo lá de cima. De repente Josefa chega até a porta e berra pro Ricardão, pode entrar, o Tonho já foi trabalhar, o Ricardão chupa a última manga e vai correndo pra dentro da casa de Tonho para consumar a traição.
Tonho desce da mangueira furioso falando que hoje eu dou um flagra nesses dois e os matarei, vai até um armário,
pega um facão, entra na casa e depara com o Ricardão com a boca nos seios de sua esposa, a se deliciar, nisso, Tonho dá um grito com o facão na mão.
– ô seu vagabundo, ocê vai morrê…
De repente o Ricardão tira de sua capanga um revolver e aponta para Tonho e grita…
– Morrer, porquê?
Ai Tonho diz para o Ricardão!
– Ocê tava chupando manga agorinha mesmo e tá tomano leite, ocê num sabe que manga com leite mata sô…

O menino caipira no velório.criançacaipira

Toinho, um menino caipira, comprou uma bicicleta usada, bem velha mesmo, ao passear pela comunidade rural, parou
em frente da igreja, estacionou a bicicleta, entrou na igreja e deparou com um velório de uma mulher muito idosa, ficou na igreja alguns minutos e resolveu ir embora.
Quando saiu lá fora observou que tinham roubado sua bicicleta, sentou na calçada e começou a chorar.
O padre pensando que estava chorando por causa da velha que morreu disse:
– Não chore meu filho, ela estava bem velhinha.
Toinho ainda choramingando respondeu pro padre.
– Que isso sô padre, apesar de veia, a roda de traz estava muito boa, ela guentava muito pau ainda…snif…snif…

PIADAS ENGRAÇADAS DE CAIPIRAScaipiras100

Bastião é dono junto com seu sócio de uma fazenda numa cidade do interior de Minas, quando de repente seu sócio adoeceu e veio a falecer, Arzira sua esposa entra em casa e pergunta para Bastião.
– É verdade Bastião que seu socio morreu?
– É sim muié ele adueceu e num guentô, partiu dessa pra mió.
– Intão, cê pudia colocá minha mãe no lugar dele uai?
– É só ocê falá com o coveiro, pra mim, tá tudo bem sô.

MAIS UMA DE ARZIRA, KKKKKKKKK

– Arzira grita, paiê ô paiê…
– O qui foi minha fia?
– De onde a gente veio?
– Minha fia, nóis nasceu de Adão e Eva uai…
– Mas a mamãe me disse que nóis viemos é do macaco…
– Uma coisa minha fia, é a famia de sua mãe, otra coisa, é a minha famia sô!

O caipira em Brasilia!caipira

Bastião viajou até Brasilia afim de conhecer a capital federal, como ele morava próximo
foi de bicicleta, visitou vários monumentos encerrando a visita ao congresso nacional, estacionou a bicicleta mas o policial legislativo o abordou.
– Boa tarde senhor, não pode estacionar sua bicicleta neste local.
– Pruque num posso seu guarda?
– Por aqui passa o presidente, ministros, deputados, senadores, governadores, prefeitos entre outras autoridades.
– Ocê pode ficá tranquilo seu guarda, não precisa preocupá, eu vô colocá um cadeado nela…

BRIGA DE GALOS!caipira11

Acontecia em uma cidade do interior de Minas, aquelas famosas brigas de galo e um cidadão que passava em viagem por aquelas bandas sem ter o que fazer, resolveu assistir e fazer uma aposta mas, como ele não entendia patavinas
daquilo, resolveu pedir umas dicas ao caipira que estava ao seu lado.
– Por favor senhor, qual é o galo bom o branco ou o galo vermelho?
– Uai sô, o galo bão é o branco!
O viajante resolveu apostar todo dinheiro que tinha no galo branco.
Começa a luta e aos 20 segundos de briga o galo branco cai nocauteado e o viajante muito zangado por ter perdido todo seu dinheiro apostando errado, questiona o caipira.
– Poxa cara eu perguntei ao senhor qual era o galo favorito e você me disse que era o galo branco!
– Não sinhô, ocê perguntô quar era o galo bão e o galo branco é bão dimais da conta sô, se o sinhô tivesse perguntado quar era o marvado…

PLANO DE SAÚDE!MINEIROESPERTO

Tonho levou sua esposa ao médico para uma consulta de rotina, o médico examinando a perguntou:
– A senhora tem orgasmo?
– Cumé que é dotô, que negócio é esse?
– Orgasmo minha senhora tem ou já teve?
– Um momentim dotô, vou perguntá pro Tonho.
Nisso ela abre a porta do consultório e grita…
– Ô tonho, o dotô tá perguntano se eu tenho orgasmo…
– Ô muié burra, fala pro dotô que nós tem é UNIMED…

Deixe seu comentário

8 opiniões sobre “PIADAS DE CAIPIRA”

  1. Faço uso as palavras da Beatriz: Ri, mas ri muuuuuuuuito até chorar. Admiro a imaginação, criatividade e principalmente o senso de humor de quem cria essas piadas. Indiscutível; muito inteligente. Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Vida na roça é piadas de caipiras, receitas de pratos da roça, plantas medicinais, horta orgânica, coisas da roça.